Diário do Sudoeste.com.br

  Mudar jornal: Diário de Guarapuava
  • Pato Branco, 28 de Novembro de 2014

Publicado em 07 de Abril de 2014, às 18h41min

Silo de trigo desaba e moradores são soterrados por grãos em Maceió

Diário do Sudoeste FolhaPress



MACEIÓ, AL, SÃO PAULO, SP, 7 de abril (Folhapress) - Uma torre de um moinho de trigo desabou na tarde de hoje em Maceió (AL), espalhando toneladas de grãos pela rua e soterrando carros e pessoas.
Segundo o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), ao menos 20 pessoas teriam sido soterradas. Pelo menos cinco pessoas foram retiradas com ferimentos e levadas a hospitais da cidade.
Entre as cinco vítimas socorridas há um adolescente de 17 anos em estado gravíssimo. Os outros quatro são homens, sofreram escoriações e têm quadro de saúde estável. Não havia registro de mortos até o começo da noite de hoje.
De acordo com moradores da região, o acidente foi por volta das 15h, na fábrica Moinho Motrisa, que fica na avenida Comendador Leão, uma das mais movimentadas do bairro do Poço.
Segundo um comerciante, o impacto foi sentido em até 500 metros do local. Veículos que estavam estacionados e que trafegavam na via no momento do desabamento ficaram soterrados pelo trigo. O acidente mobilizou todas as unidades do Samu na cidade, incluindo 11 ambulâncias, mais duas de reserva, além de duas motos e um helicóptero.
A área do acidente foi evacuada diante da ameaça de novos desabamentos. Equipes do Bope (Batalhão de Operações Especiais), da Polícia Militar e da Força Nacional de Segurança foram ao local para evitar possíveis saques e ajudar nas buscas por eventuais vítimas.
Não havia informações sobre possíveis causas do desabamento. Moradores da região relataram que o prédio tinha rachaduras, mas a Defesa Civil de Maceió descartou, a princípio, problemas estruturais na edificação.
Procurado, o Grupo Motrisa, que tem sede em Porto Alegre (RS), informou que a empresa estava empenhada no resgate e que, por isso, não se pronunciaria na tarde de hoje.