Encontro de líderes rurais reúne 280 pessoas em Pato Branco

Os produtores rurais da região Sudoeste do Paraná vão receber uma série de 10 eventos que vai percorrer todas as regiões do Estado ao longo do mês de junho. Com o tema “Fortalecendo o campo, expandindo horizontes”, a primeira rodada do maior evento de liderança rural do Estado, iniciativa do Sistema FAEP/SENAR-PR com apoio do Sebrae, foi realizada no espaço Gabbana Jardins, em Pato Branco, com a participação de 280 pessoas da região.

Ao longo de uma manhã, atividades dinâmicas envolvendo diálogo, música e interação entre palestrantes e o público marcaram o período de trabalho em prol do despertar de novas lideranças.
O presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette, reforçou que essa grande mobilização pelo Estado tem como missão estimular a inovação e ampliar a representatividade sindical no setor rural. “Queremos mostrar o que é o sistema sindical e o que ele pode fazer para e pelos associados. Queremos conclamar a cada um dos produtores para que sejam integrantes ativos do sistema sindical, que desempenhem e exercitem a liderança de modo a serem capazes de trabalhar com a nossa classe e defender os nossos interesses. Esses encontros servem para sairmos ainda mais fortes”, ressaltou.
O diretor-superintendente do Sebrae-PR, Vitor Roberto Tioqueta, parabenizou os presentes pelo comprometimento com o futuro. “Precisamos cada vez mais pensar no futuro e só conseguiremos fazer isso se desenvolvermos novos líderes. O que está sendo feito aqui não acontece em nenhum lugar do Brasil ou instituição representativa. A produção nós sabemos fazer, o que necessitamos agora é ter entrosamento entre as pessoas, trabalhar em conjunto para cada vez mais debater e conquistar coisas boas para o agro”, reforçou.
A união dos produtores em torno do sistema sindical foi a convocação feita pelo presidente do Núcleo de Sindicatos Rurais do Sudoeste do Paraná, Ari Reisdoerfer, de Clevelândia. “Temos que nos fortalecer, unir forças e ocupar os espaços, dizendo o que nós queremos aos políticos, afinal é nossa obrigação dizer a eles e cobrá-los”, aponta.
O presidente do Sindicato Rural de Pato Branco, Oradi Caldato, lembrou que o esforço de sindicatos e a FAEP já culminou em uma série de conquistas, possíveis pela sinergia do campo. “Quem não se conecta, está fora, se isola. E o interesse é de todos nós, de estarmos conectados. Costumo dizer que nossos sindicatos e nossas entidades são as nossas ‘capelas’. E elas têm a sua ‘paróquia’, que é a nossa FAEP. Que por sua vez, quando necessário, recorre à ‘diocese’, que é a CNA, que é a Frente Parlamentar Agropecuária e outros espaços nos quais precisamos fazer nossa voz ser ouvida”, comparou.


Palestra
O evento teve com interatividade, com a adaptação da música “Evidências”. Em seguida, o palestrante Luciano Salamacha fez uma apresentação, que começou com um apanhado histórico de como surgiu a necessidade de haver liderança entre os seres humanos. “O ser humano evoluiu e percebeu que poderíamos dominar toda a natureza se andássemos juntos. Desde então, sempre estamos buscando nos unir”, ensinou.
Salamacha conduziu os participantes a pensarem na inteligência como um salto crucial para o desenvolvimento humano. Ele comparou esse salto histórico com a aplicação da ciência e da coragem dos produtores rurais paranaenses em promoverem grandes mudanças na agricultura e pecuária. O plantio direto e as melhorias genéticas nas criações de animais foram dois exemplos que ilustraram o diferencial paranaense na aplicação de conhecimento em prol do desenvolvimento. “Quando todo mundo dizia que não dava, o Paraná foi lá e fez. Existe algo que é mais do que nossa vontade, é nossa responsabilidade”, definiu o palestrante.


Espaços
Em uma segunda parte do evento, os participantes foram divididos em três espaços para tratar de pontos específicos sobre o sistema sindical. Em grupos, os participantes percorreram os ambientes ‘aprendizagem, conquistas e representatividade’. Nesses locais, os presentes puderam trocar experiências, conhecer realizações que estão na história do Sistema FAEP/SENAR-PR e também esclarecer dúvidas sobre o funcionamento da dinâmica da entidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.