Agropecuária

Mapa publica instrução normativa que reconhece seis estados livres de febre aftosa

A Instrução Normativa foi publicada na terça-feira (Crédito: Arquivo/Agência Brasil)

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou, na última terça-feira (11), a Instrução Normativa nº 52, que reconhece como livres de febre aftosa, sem vacinação os Estados do Acre, Paraná, Rio Grande do Sul e Rondônia; além de regiões dos Estados do Amazonas e de Mato Grosso.

O documento, assinado pela ministra Tereza Cristina Correa da Costa Dias, afirma que o reconhecimento ocorre conforme Instruções Normativas nº 47, de 15 de outubro de 2019; e nº 36, de 29 de abril de 2019, de 29 de abril de 2020.

Para ingresso de bovinos e bubalinos nas áreas descritas no artigo 1º, serão observadas as Instruções Normativas da Secretaria de Defesa Agropecuária nº 37, de 27 de dezembro de 2019; e nº 23, de 29 de abril de 2020.

“O ingresso no Estado de Santa Catarina de animais e produtos de risco para febre aftosa, com origem nas áreas descritas no artigo 1º, observará as diretrizes definidas para origem em zona livre de febre aftosa com vacinação, até seu reconhecimento pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como zonas livres de febre aftosa sem vacinação”, diz.

A ministra acrescenta que esta Instrução Normativa entra em vigência em 1º de setembro de 2020.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima