Almanaque+

Após Mercado Livre e Americanas, Amazon passa a oferecer entrega no mesmo dia

******* ATENÇÃO ************ ATENÇÃO ************* ATENÇÃO *****
ATENÇÃO, SENHORES EDITORES: MATÉRIA COM EMBARGO. PUBLICAÇÃO LIBERADA A PARTIR DE DOMINGO, DIA 04 DE ABRIL DE 2021.
***************************************************************

No e-commerce, as empresas estão investindo cada vez mais em eficiência logística para conquistar o cliente. Nessa disputa acirrada, a Amazon anunciou a possibilidade de entrega de pedidos no mesmo dia a partir do dia 1º de abril, em um nicho já ocupado pelas concorrentes Americanas e Mercado Livre.
A modalidade de entrega no mesmo dia da Amazon será oferecida, inicialmente, para os clientes do centro expandido de São Paulo que fizerem o pedido até o meio-dia. O preço do frete será de R$ 18,90 e, para assinantes do serviço Amazon Prime, R$ 14,90.
“Temos certeza de que o cliente vai aderir à entrega no mesmo dia. A busca por conveniência cresce cada vez mais e nós estamos preparados para essa tendência”, afirma a líder de Prime e experiência de entrega da Amazon Brasil, Mariana Roth.
A empresa informa que a modalidade de entrega no mesmo dia contempla mais de 30 categorias de produtos, mas segundo a executiva, os itens de maior valor agregado como celulares e videogames devem ter mais demanda.
Os produtos sairão dos quatro centros de distribuição (CDs) do polo da empresa no município de Cajamar (SP). Além de transportadoras parceiras, as entregas também serão realizadas pela Amazon Logistics.
A companhia não abre investimentos nem projeções de mix de vendas para cada modalidade de entrega. No entanto, Roth afirma que a Amazon quer garantir o sucesso do lançamento em São Paulo para avaliar, posteriormente, a expansão do serviço.
“Preparamos uma gama de itens robusta, com disponibilidade nos centros de distribuição para não decepcionar o cliente com falta de opções. Quando nos sentirmos confortáveis, vamos discutir a ampliação do serviço para outras regiões”, diz a executiva.
Briga de titãs
Em uma disputa de gigantes, quem não investir em rapidez e conveniência pode perder espaço. O Mercado Livre, por exemplo, reforça que o foco em logística é decisivo para a competitividade. Segundo a plataforma, atualmente 90% das compras realizadas na modalidade “fullfilment” (gestão de estoques pelo Mercado Livre) são entregues em até 48 horas e, desse volume, 75% chegam em até 24 horas.
“Acreditamos que a ampliação consistente e robusta da nossa malha logística é decisiva para a manutenção da excelência do atendimento e satisfação dos mais de 74 milhões de usuários ativos em nossa plataforma na América Latina”, disse em nota o vice-presidente do Mercado Envios, braço de logística do Mercado Livre, Leandro Bassoi.
Ele afirma que grande parte do transporte das mercadorias é feita por rodovias e a frota própria é composta por carretas, dezenas de milhares de vans e carros elétricos, além de quatro aviões. A empresa deve investir, neste ano, R$ 10 bilhões no País.
“Grande parte deste montante será aplicado em nossa logística, com o objetivo de atingirmos mais regiões com entregas rápidas”, acrescenta Bassoi. Hoje, as regiões de Salvador (BA) e São Paulo já contam com entregas do Mercado Livre no mesmo dia e Florianópolis (SC) deve ser a próxima localidade a contar com o serviço de “fullfilment”.
A Americanas também vem promovendo campanhas para falar sobre o sistema de entrega “em até três horas” (com condições), o que só mostra que os competidores deste mercado não estão para brincadeira.

Para cima