Almanaque+

Banco Mundial anuncia plano de ação contra mudanças climáticas

O Banco Mundial anunciou na sexta-feira, 2, um novo plano de ação contra as mudanças climáticas, que terá 35% dos investimentos do organismo destinados à ações com impacto positivo para o clima. Além disso, o projeto prevê apoio a uma transição para energias mais verdes, incluindo o objetivo de reduzir o consumo de carvão. Em comunicado, o Banco Mundial sinaliza que seus objetivos estarão alinhados com as ambições do Acordo de Paris.
O presidente da instituição, David Malpass, afirmou que, junto do objetivo de “redução da pobreza e expansão da prosperidade”, o organismo terá como meta o suporte ambiental aos países, escreveu em seu Twitter.
A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, congratulou as medidas. “Nós, do FMI, juntamo-nos a vocês para fazer nossa parte para enfrentar a crise climática – e esperamos aprofundar nossa estreita colaboração nessa prioridade urgente”, escreveu em seu Twitter.
De acordo com o comunicado, o Banco Mundial investiu US$ 83 bilhões nos últimos cinco anos em iniciativas ligadas às mudanças climáticas. Em 2020, foi alcançado o maior valor, com US$ 21,4 bilhões em financiamentos.
Para cima