Almanaque+

No ‘BBB 21’, João Luiz desabafa sobre comentário racista de Rodolffo

Na noite desta segunda-feira, 5, o Jogo da Discórdia do Big Brother Brasil 21 foi para os participantes apontarem quem consideravam “melhor jogador”, “pior jogador” e quem faz “jogo sujo”. João Luiz aproveitou a oportunidade para desabafar sobre um comentário racista que ouviu de Rodolffo Matthaus, quando o cantor comparou seu cabelo black power com a peruca da fantasia de monstro de homem das cavernas.

“No sábado aconteceu uma situação lá no quarto cordel. Eu estou falando isso agora, é momento de muita coragem. O Rodolffo chegou a fazer uma piada, comparando a peruca do monstro da pré-história com o meu cabelo. Tocou num ponto muito específico, porque o jogo pode ser, sim, de coisas que a gente vive aqui dentro, mas também tem que ser um jogo de respeito. Eu te daria mais umas quatro flechas daquela”, disparou o professor de geografia ao dar o título de “jogo sujo” para o cantor.

O sertanejo pareceu surpreso com a fala de João Luiz. O apresentador Tiago Leifert perguntou se ele queria dizer alguma coisa e, balançando a cabeça, ele reafirmou o que havia dito: “Se todo mundo observou como era a peruca do monstro, acredito eu que é um pouco semelhante. E não tem nada a ver isso”.

João Luiz continuou, abalado: “naquela hora lá no quarto eu me calei. Mas você não sabe o quanto aquilo que você falou me machucou, me machucou muito. Não adianta vir com discurso que você não teve a intenção, que eu estou cansado de ouvir isso, não é só aqui dentro, é lá fora também. Porque não é mais fácil para você reconhecer que errou? Não estou em um desenho animado! Não sou a Pedrita pra usar peruca de pré-história não! Tem osso no meu cabelo?”, perguntou.

Enquanto Rodolffo tentava se defender, dizendo que não sabia que havia ofendido o brother, João continuou expondo a situação: “você não sabe, você pode não sentir, mas eu sinto isso todo dia, desde o dia que eu nasci”, disse o professor.

Os brothers se manifestaram dizendo que o mínimo que o sertanejo poderia fazer era pedir desculpas. “Desculpa, eu só fui saber disso agora. Perdão”, disse Rodolffo para João Luiz, que chorava e era consolado pelos outros participantes.

Depois do jogo, Camilla de Lucas conversou com o cantor goiano em particular. “Talvez não seja a sua intenção, mas isso magoa. Para a gente que ouve, é cansativo”, explicou ela.

Para cima