Almanaque+

Paul não crê em shows em 2021

Paul McCartney, 78 anos, falou sobre a ideia de entregar seu álbum mais recente aos colaboradores que retrabalharam as faixas do disco. Lembrou dos dias de isolamento radical que fizeram com que passasse mais tempo no estúdio: “Eu estava vivendo a vida trancado em minha fazenda com minha família e ia ao meu estúdio todos os dias. Eu tinha algumas coisas em que trabalhei ao longo dos anos, mas às vezes o tempo acabava e ficava pela metade, então comecei a pensar no que eu tinha. A cada dia, começava a gravar com o instrumento com o qual escrevi a música e, gradualmente, sobrepunha tudo”.

Ele conta que começou a trabalhar no estúdio sem ter exatamente um projeto em mente: “Foi muito divertido. Tratava-se de fazer música para você mesmo em vez de ter que fazer como em trabalho. Então, eu apenas fiz coisas que imaginei fazer. Eu não tinha ideia de que isso iria resultar em um álbum”.

A primeira aposta de McCartney III Imagined foi justamente The Kiss of Venus, que ganhou a voz do rapper Dominic Fike. O garoto é considerado uma das maiores apostas de sua gravadora, e vem marcando seu início de carreira com uma ascensão impressionante.

Pandemia sem shows

Paul deu uma entrevista à rádio BBC 4, em que disse não acreditar que o festival de Glastonbury, onde ele seria a atração principal, se realize em 2021. “Cem mil pessoas, todas juntas, sem máscaras? Adoraria que acontecesse, mas não acredito que será possível”, afirmou. O evento de 2020 foi cancelado devido à pandemia da covid-19. Além do beatle, nomes como Taylor Swift e Kendrick Lamar estavam marcados para a edição de 2021.

A organizadora do evento, Emily Eavis, disse também à BBC, em entrevista de 2020, que estava fazendo de tudo para que o festival pudesse ser realizado neste ano. “A parte mais difícil é tentar entender exatamente o que estamos a planejar, e que impacto isso terá naquilo que poderemos fazer. Não creio que haja algo que possamos fazer para assegurar que tenhamos 200 mil pessoas passando seis dias no campo, em junho.”

Fato é que Glastonbury não deve mesmo acontecer, mas a organização já estuda convidar Paul para as tratativas sobre a realização em 2022.

Férias forçadas

Paul McCartney passou alguns dias de sol no mês passado em uma praia no Caribe ao lado de sua mulher Nancy Shevell, 61 anos, com quem é casado desde 2011. Os dois foram fotografados em St. Barth.

Segundo informou uma fonte ao site do jornal The Sun, que avistou o casal, “Paul e Nancy pareciam estar se divertindo muito. Eles estavam brincando no mar como adolescentes. Ambos parecem animados e muito mais jovens do que são”.

O Caribe é um destino frequente do casal. Foi lá também em que passaram, mesmo sob pandemia, o Réveillon de 2021.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Para cima