Auto+

Jeep tem híbridos em dose dupla

Divulgação

São Paulo, 22 (AE) – Faz tempo que a Jeep vem mostrando as versões eletrificadas do Compass e do Renegade. A primeira vez que a dupla apareceu foi no início do ano passado, no Salão de Genebra (Suíça). Mas agora é oficial. Com o sobrenome 4xe, os modelos híbridos foram lançados em evento online na Europa.

Os Jeep Compass e Renegade 4xe já podem ser encomendados na maior parte do países europeus por meio de um programa de pré-venda. As entregas começam em setembro. No Brasil, a dupla chega no segundo semestre do ano que vem.

Os SUVs são os primeiros modelos híbridos plug-in da Jeep. Ambos utilizam sistema que une o motor 1.3 turbo com potências que vão de 130 a 180 cv a outro elétrico de 60 cv para as rodas traseiras. Formando, assim, um conjunto de tração 4×4.

A potência combinada do sistema vai de 190 a 240 cv e o consumo beira os 50 km/l, segundo dados da Jeep. Se esse número for replicado no Brasil, os dois modelos serão os carros mais econômicos do País. Graças ao bom torque do motor elétrico, acelerar de 0 a 100 km/h leva 7,5 s, e a velocidade máxima é de 200 km/h, informa a fabricante.

Tanto o Renegade quanto o Compass 4xe receberam bateria de 11,4 kWh e 400 volts. A autonomia é de 50 km no modo totalmente elétrico. A recarga é feita em tomadas normais.

BMW

O novo BMW iX3 foi finalmente revelado em sua forma definitiva. O modelo é o primeiro SUV elétrico da marca alemã, e será feito na China.

Entre os destaques está o sistema eDrive de quinta geração, que inclui bateria de 80 kWh e motor elétrico que gera 282 cv de potência e 40,8 mkgf de torque. Segundo dados da BMW, o iX3 pode percorrer 460 km com uma única carga.

A potência do motor vai apenas para as rodas traseiras. A intenção da BMW é manter a tradição de tração traseira mesmo em um modelo novo e elétrico. O iX3 acelera de 0 a 100 km/h em 6,8 segundos e atinge velocidade máxima de 180 km/h, de acordo com a fabricante.

O SUV é compatível com o sistema de carregamento rápido de 150 kW. Nesse caso, 80% da bateria pode ser “enchida” em 34 minutos – 10 minutos garantem 100 km de autonomia.

No visual, o iX3 tem pequenas diferenças em relação ao X3 com motor a combustão. A grade dianteira é parcialmente bloqueada para reduzir a resistência do ar, e as rodas de liga leve de 19 polegadas têm desenho mais fechado. Isso reduz em até 5% o coeficiente de resistência do ar, segundo a BMW. O tom azul de algumas peças reforça que o modelo é elétrico.

Haverá cinco tipos de acabamento disponíveis. Os bancos, por exemplo, poderão ser padrão ou esportivos. De série o SUV trará suspensão adaptativa com amortecedores controlados eletronicamente.

O iX3 estará disponível no fim deste ano, inicialmente apenas na China. Em 2021, será vendido também na Europa. Ainda não há previsão para o Brasil.

CHERY

Fruto de uma parceria entre a chinesa Chery e a indiana Tata Motors, o SUV elétrico Chery eQ5 será lançado na China até o fim do ano. O modelo utiliza uma nova base feita exclusivamente para modelos elétricos, batizada de LFS. O SUV tem 2,8 metros de distância entre os eixos (como comparação, o Corolla tem 2,7 m) e sistemas avançados, como reconhecimento facial e internet 5G.

Segundo a mídia chinesa, o motor terá dois níveis de potência: 163 cv e 177 cv. A autonomia seria de 510 km, usando baterias de íons de lítio.

A intenção da Chery é exportar o eQ5 para o resto da Ásia e para a Europa. Como a Caoa tem forte parceria com a marca, não seria de se espantar ver o SUV elétrico rodando no Brasil no final do ano que vem.

A nova linguagem de design do Chery eQ5 é drasticamente diferente da empregada em outros modelos da marca, e espera-se que seja adotada por todos os modelos elétricos no futuro. Na frente, o eQ5 ostenta faróis divididos com faixas de LED e lâmpadas convencionais. Há ainda uma grade falsa e uma faixa cromada horizontal, que percorre a largura do carro. A parte traseira tem uma linha de LEDs por toda a extensão.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima