Brasil

Chapecó endurece as medidas e decreta feriado em dois domingos

Foto: Divulgação

Com a confirmação da morte do décimo sétimo paciente em decorrência de agravamentos provocados pela covid-19, o prefeito de Chapecó (SC), Luciano Buligon assinou na manhã desta quarta-feira (29), novo decreto.

Desde a segunda-feira (27), o serviço de transporte público do Município está suspenso e segue pelo período de 15 dias. A contar da sexta-feria (31) bares, restaurantes e lanchonetes poderão atender a clientes nos estabelecimentos somente até às 18h. Após este horário somente é permitido serviço de delivery ou retirada no balcão.

Buligon também assinou o decreto que determina feriado nos próximos dois domingos (2 e 9 de agosto), resultando assim no fechamento total do comércio. Segundo ele “o feriado foi estabelecido [agora] no domingo, mas se a situação se agravar, pode ampliar para o sábado e demais dias da semana”, disse não descartando a possibilidade de fechamento total das atividades no Município.

Aglomerações

O Município alcançou o número de 4.189 pacientes positivados de covid-19, segundo dados divulgados nesta quarta. Deste total 3.513 pacientes já estão recuperados.

Somente nas últimas 24 horas foram confirmados 159 novos casos em Chapecó.

Os números elevados levaram Buligon a estabelecer o aumento da multa pelo descumprimento dos decretos editados, ao mesmo tempo em que se estuda uma forma de suspender os alvarás de funcionamento dos estabelecimentos comerciais nesta situação.

O prefeito definiu ainda como um “deboche” com quem está na linha de frente do enfrentamento ao coronavírus, as aglomerações.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima