Brasil

Amapá fiscaliza deslocamento de pessoas para garantir eficácia de lockdown

Agentes da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) do Amapá passaram a fiscalizar a partir desta quinta-feira, 18, início do lockdown no Estado, a movimentação de pessoas em pontos da capital Macapá e em Santana a fim de identificar possíveis sintomáticos para a covid-19. De acordo com novo decreto estadual, só é permitido o deslocamento das pessoas para serviços essenciais, como atendimento médico, compra de alimentos ou para trabalho. A previsão inicial é de que as medidas restritivas durem ao menos sete dias.

O Estado registra nesta semana uma variação de 212% em novos óbitos pela covid-19 em comparação com a semana anterior. Entre segunda-feira (15) e esta quinta-feira, novos casos no Estado aumentaram de 316 por dia para 775, uma oscilação de 145%. Segundo dados da Secretaria de Saúde local, a taxa de ocupação dos leitos voltados para pacientes da covid-19 é de 89,5%.

Para cima