Juíza de SC nega aborto a menina de 11 anos vítima de estupro; TJ apura caso

A Justiça de Santa Catarina negou que uma criança, de 11 anos, vítima de estupro e grávida de 29 semanas, realizasse um aborto autorizado. Em despacho expedido em 1º de junho, a magistrada Joana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.