Nova Ferroeste

O Ibama concedeu a Autorização de Captura, Coleta e Transporte de Material Biológico (Abio) para o projeto chamado de Nova Ferroeste (Ferrovia EF-277). Essa é uma nova etapa no processo de licenciamento ambiental do projeto, que foi qualificado no Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), do governo federal. A expectativa é colocar a Nova Ferroeste em leilão na B3 entre o final de 2021 e o começo de 2022. 

Nova Ferroeste II
Nova Ferroeste terá extensão de 1.370 quilômetros. O projeto abrange a construção de novos trechos e um corredor ferroviário de exportação ligando o polo produtor de grãos do Mato Grosso do Sul (MS) e do Oeste do Paraná ao Porto de Paranaguá. A iniciativa atende ao objetivo de ampliar a malha ferroviária nacional, de modo a atender o transporte voltado à exportação, o que favorece a competitividade, a integração e a segurança de mercadorias.

Formação profissional
O vice-governador Darci Piana participou do lançamento do Programa de Bolsas de Estudos do Senac PR. O programa vai ofertar 13 mil vagas de cursos gratuitos para todo o Estado. Serão investidos mais de 18 milhões de reais para contribuir na formação profissional e auxiliar a retomada econômica do comércio de bens, serviços e turismo no Paraná. “É uma grande oportunidade que todos vão ter de se qualificar para disputar uma vaga no mercado de trabalho. Preparamos esses cursos para fazer a grande arrancada de 2021″, finalizou Piana.   

Maratona das Cataratas  
A 13ª edição da Meia Maratona das Cataratas, a corrida da Maravilha Mundial da Natureza, será realizada no dia 6 de junho de 2021, integralmente dentro do Parque Nacional do Iguaçu, Patrimônio Natural da Humanidade, na cidade de Foz do Iguaçu. As inscrições para a Meia das Cataratas estão abertas para as provas de 21 km e para o desafio de 8 km das Cataratas. As inscrições devem ser realizadas no site oficial da corrida http://www.meiamaratonadascataratas.com.br/. 

Pedágio no PR
A Frente Parlamentar sobre os Pedágios da Alep vai realizar uma série de ações para tentar mudar o novo modelo de pedágio proposto pelo governo federal para as estradas paranaenses. Entre as ações está a realização de audiências públicas pelo Estado para informar a população sobre o modelo híbrido e o pedido de urgência na tramitação do projeto que trata da tarifa por menor preço.

Pedágio no PR II
O estudo feito pela Empresa de Planejamento e Logística S.A (EPL) e discutido com o Ministério da Infraestrutura prevê a licitação de mais de 3,3 mil quilômetros de rodovias estaduais e federais em seis lotes. Serão 42 praças de pedágio, 15 a mais das atualmente existentes. A previsão é de que sejam investidos R$ 42 bilhões e que em 10 anos sejam duplicados mais de 1,8 mil quilômetros de vias.   

Vacina covid
A Secretaria de Saúde do Paraná entregou a todas as 22 regionais as vacinas da primeira fase de imunização contra a covid19. A região Oeste recebeu 18.760 doses, divididas entre as regionais de Cascavel, Toledo e Foz do Iguaçu. Estimada em 5%, 17.893 moradores do Oeste do Paraná receberão a imunização. Como são duas ações de vacinação necessárias por pessoa, outro lote com a mesma quantidade chegará à região em até 15 dias para reforçar a dose.

Vacina covid II
A previsão é vacinar o total de 4.019.115 pessoas até maio de 2021, com a quantidade de doses disponibilizadas até o momento e as que chegarão nos próximos meses. A vacinação ocorrerá de acordo com o recebimento dos imunizantes seguindo a ordenação por grupos prioritários, de forma gradual e escalonada durante todo o ano. A intenção é vacinar todos os paranaenses acima de 18 anos ainda em 2021.

Partidos do Brasil
O Tribunal Superior Eleitoral informou essa semana que o Brasil tem 33 partidos políticos aptos a lançar candidatos para disputar as Eleições de 2022, e um número de 77 em processo de formação. O último partido a ser criado foi o Unidade Popular (UP), em dezembro de 2019. Somente depois de cumpridas todas as exigências legais é que o partido em formação deve apresentar ao TSE o pedido de registro de seu estatuto. Só pode participar de uma eleição a legenda que, até seis meses antes do pleito, tiver registrado seu estatuto no TSE.

Parceria Público-Privada   
O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES) anunciaram um plano de R$ 150 milhões para tentar agilizar a aprovação e melhorar a qualidade dos projetos de Parceria Público-Privada (PPP) no país. A parceria tem o objetivo de alavancar o aproveitamento dos projetos de PPPs no Brasil. Atualmente, a ampla maioria dos projetos vem sendo inviabilizados por falhas em várias etapas do processo, uma delas é a falta de garantias financeiras.

Campanha de imunização
O Ministério da Saúde confirmou a entrega de 6 milhões de doses da CoronaVac para todos os estados e o Distrito Federal. A vacinação teve início pelos grupos prioritários da chamada fase 1: trabalhadores de saúde, pessoas institucionalizadas (que residem em asilos) com 60 anos de idade ou mais, pessoas institucionalizadas com deficiência e população indígena aldeada. A campanha está em andamento em todo país.

Vacinômetro
Após o início da vacinação emergencial contra a covid-19, o Brasil passou a integrar a Our World Data, plataforma mantida pela Universidade de Oxford que contabiliza os números de vacinados pelo mundo. A última atualização feita pelo levantamento da Oxford indica 6.515 brasileiros imunizados. Com esse número, o Brasil figura entre os 5 países com menor número de pessoas vacinadas. O país está na frente de Singapura, Islândia, Luxemburgo e Kuwait. As nações que mais imunizaram são os Estados Unidos (12,28 milhões), China (10 milhões) e Reino Unido (4,72 milhões).

Centro de vacinas
O Ministério da Saúde liberou a construção de uma nova instalação para a produção de vacinas pela Fiocruz, responsável pelo fármaco da AstraZeneca no Brasil. Todo o projeto custará mais de 2,6 bilhões de reais ao longo dos próximos vinte anos. Enquanto isso, a demora na chegada de um insumo necessário para a Fiocruz produzir a vacina de Oxford deve atrasar o cronograma do órgão. Isso porque as primeiras doses feitas no Brasil devem ser entregues ao Ministério da Saúde no início de março.

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.