Especial

Retrospectiva Setembro 2018

Aeroporto de Pato Branco recebe classificação

O Aeroporto Municipal Juvenal Cardoso passou da condição de aeródromo para ser classificado como aeroporto, dentro do que preconiza a legislação brasileira de aviação civil, o que também integra o processo de certificação. O resultado foi emitido pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea).

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Osmar Braun Sobrinho, explicou que a nova classificação é essencial para a operação dos voos regulares. Isso nos habilita a receber a operação de voos, disse completando, significa que cumprimos a legislação e temos a instrumentalização necessária para a realização de voos, o que é um grande passo para o nosso processo de certificação.

Museu Nacional pega fogo e perdas são irreparáveis

No início de setembro, o Museu Nacional do Rio de Janeiro foi consumido pelas chamas. Um dia após o incêndio, o Ministério Público Federal (MPF) afirmou por meio de uma nota pública, que a perda do acervo do Museu Nacional do Rio de Janeiro, é irreparável, não podendo ser recuperada por nenhum esforço de reconstrução.

A perda é irreparável e a falta de estabelecimento de prioridades das políticas públicas na área cultural afetam não somente o Brasil mas toda a humanidade. A reconstrução do seu prédio apenas preservará o referencial arquitetônico daquele monumento, mas jamais os tesouros que compunham seu acervo, disse o MPF.

O MPF também relatou que fez alertas às autoridades competentes sobre a necessidade de prevenção contra incêndios para proteção de patrimônio histórico, em reunião realizada no ano passado, mas que nada foi feito.

Cadastrados 73 novos doadores de medula óssea em ação

Um anto em comemorado o Dia Mundial do Doador de Medula Óssea foi realizado em Pato Branco. Promovido pelo Hemonúcleo, na praça Presidente Vargas, com o apoio da campanha Corrente do Bem, voluntários foram cadastrados como doadores de medula óssea.

Liane Arrieche Santos, coordenadora do Hemonúcleo de Pato Branco, revelou que na ação realizada na praça foram coletadas 73 amostras de sangue de novos doadores voluntários.

A coleta das amostras faz parte da primeira fase, que segue para o Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), para análise. Depois entra no banco de dados do cadastro nacional para que, diariamente, as informações sejam cruzadas com as necessidades dos pacientes que aguardam na fila de espera.

Jair Bolsonaro é esfaqueado durante campanha

Durante ato em Juiz de Fora (MG), o então candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, foi esfaqueado na região do abdômen. A campanha foi interrompida após o incidente.

Bolsonaro foi conduzido para a Santa Casa de Juiz de Fora, onde passou pelo primeiro procedimento cirúrgico. O agressor, Adelino Bispo dos Santos, de 40 anos, foi preso pela Polícia Federal.

Apesar de avanços, surdos ainda precisam de inclusão

Um dia para repensar a inclusão social das pessoas surdas. Assim, foi marcada a data que se comemora o Dia Nacional do Surdo. A data foi criada em 2008 e alerta para as barreiras de acessibilidade que ainda afligem os portadores de deficiência auditiva.

Conforme o Censo de 2010 realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 9,7 milhões de pessoas têm deficiência auditiva. Desses, 2.147.366 milhões apresentam deficiência auditiva severa, situação em que há uma perda entre 70 e 90 decibéis (dB). Cerca de um milhão são jovens até 19 anos.

A projeção é de que em Pato Branco existam de 80 a 100 surdos, em idade educacional. Esta estimativa segue o cálculo realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

No município, para comemorar o Dia Nacional do Surdo, foram realizadas as atividades alusivas à data. Elas se concentraram no Colégio Estadual Castro Alves, onde estão implementadas a sala de recursos e o aprendizado da Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Clique para comentar
Para cima