Esportes

Ainda sem Rodrigo Santana, Coritiba recebe Atlético-GO para iniciar reação

Ainda sem contar com o técnico Rodrigo Santana, contratado quinta-feira e que acompanhará o duelo das tribunas, o Coritiba terá Pachequinho à frente do clube para o duelo contra o Atlético Goianiense, marcado para este sábado, às 19h, no estádio Couto Pereira, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. O auxiliar não poderá contar com Robson, que cumpre suspensão automática.

Com a mudança na comissão técnica, nomes que não vinham sendo aproveitados pelo técnico Jorginho voltam a ter oportunidades, como Nathan e Cerruti, que disputam uma posição no setor ofensivo com Neílton. Existe até mesmo a possibilidade de Ricardo Oliveira aparecer entre os titulares. A briga dele é com Rodrigo Muniz no ataque.

Rodrigo Santana dará alguns pitacos, mas deixou claro que a equipe será montada por Pachequinho, que conhece bem a casa. O treinador indicou uma dúvida na lateral direita entre Natanael e Matheus Sales e ganhou o retorno de Hugo Moura, que cumpriu suspensão contra o Palmeiras.

“Na primeira conversa que eu tive com eles, eu coloquei a minha experiência de assumir em momentos de crise e falei que temos que retornar a confiança, temos que acreditar em outras situações. Quando eu assumi, o momento era pior e mesmo assim nós conseguimos recuperar a autoestima dos jogadores, o time começou a render e é o que eu espero, que essa confiança volte, que tenham tranquilidade para jogar e fazer o Coritiba vencer”, disse Pachequinho.

A derrota para o Ceará, por 2 a 1, deixou o Coritiba na vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, com 16 pontos, três atrás do Botafogo, o primeiro fora da zona de rebaixamento.

Para cima