Esportes

Brasil bate Cuba e conquista o título por equipes do Pan-Americano de Judô

A menos de um ano para os Jogos Olímpicos de Tóquio, o judô brasileiro segue mostrando força. Neste domingo, o Brasil conquistou o título do Pan-Americano por Equipes mistas com vitórias sobre México e Cuba, em Guadalajara, no México. Com o resultado, o País mantém a sua hegemonia continental e encerra a competição com 15 medalhas: cinco ouros, seis pratas e quatro bronzes.

A competição por equipes mistas é a nova prova olímpica do judô que valerá medalha em Tóquio, no ano que vem. Em 2019, o Brasil foi bronze no Mundial e campeão no Pan, repetindo o feito em 2020.

Para isso, na semifinal passou pelo México com vitória tranquila por 4 a 0. Os pontos brasileiros foram marcados por David Moura (+90kg), Jéssica Pereira (57kg), Eduardo Katsuhiro (73kg) e Maria Portela (70kg). Na decisão pelo ouro, o Brasil fez 4 a 3 sobre Cuba.

O duelo final começou com vantagem brasileira pelo desfalque da peso pesado cubana Idalys Ortiz, que não foi ao Pan de Guadalajara. Na primeira luta no tatame, Arnaes Garcia (57kg) venceu Jéssica Pereira nas punições e empatou para Cuba. Em seguida, Eduardo Katsuhiro (73kg) imobilizou Orlando Polanco e fez 2 a 1 para o Brasil.

Cuba reagiu com Maylin Del Toro Carvajal, vencendo Maria Portela (70kg) nas punições após mais de cinco minutos de “golden score”. Na sequência, o vice-campeão mundial dos 90kg, Ivan Felipe Silva Morales, conseguiu um ippon relâmpago sobre Eduardo Yudy e desempatou para Cuba: 3 a 2.

David Moura veio para o “tudo ou nada” e garantiu o empate com vitória, também nas punições, sobre Andy Granda, no pesado masculino.

Na competição por equipes sorteia-se uma categoria entre as seis do confronto para fazer uma luta extra com “ponto de ouro”. Ou seja, quem marcar primeiro vence. E o peso sorteado foi o 57kg, de Jéssica Pereira, que foi para cima de Arnaes Garcia e conseguiu a revanche com um waza-ari, garantindo o ouro para o Brasil.

OUTRAS MEDALHAS – Além do ouro por equipes, o Brasil faturou medalhas com 14 judocas. Outras quatro douradas vieram com Eric Takabatake (60kg), Daniel Cargnin (66kg), Maria Portela (70kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg). As seis de prata foram conquistadas por Eduardo Katsuhiro (73kg), Beatriz Souza (+78kg), Eduardo Yudy (81kg), Rafael Macedo (90kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Rafael Silva “Baby” (+100kg). As de bronze foram quatro, ganhas por Larissa Pimenta (52kg), Jéssica Pereira (57kg), Ketleyn Quadros (63kg) e David Moura (+100kg).

Para cima