Esportes

Colo-Colo contrata Valdivia, ex-Palmeiras, para se salvar do rebaixamento

O meia chileno Jorge Valdivia, ex-Palmeiras, fechou nesta terça-feira o seu retorno ao Colo-Colo. Revelado pelo time de Santiago, o jogador de 37 anos estava no Mazatlán, do México, e terá a terceira passagem pelo clube alvinegro. O diferencial agora é que o experiente atleta chega com a missão de salvar a equipe do rebaixamento à segunda divisão. O Colo-Colo é o último colocado na tabela de classificação.

Valdivia atuou pela equipe entre 2003 e 2006, quando se transferiu para o Palmeiras. Depois, o meia atuou também entre 2017 e 2019. Após essa passagem, o jogador reforçou o Morelia, do México, e na sequência passou pelo Mazatlán, do mesmo país. O Colo-Colo anunciou a vinda do chileno com festa: “A magia está de volta ao Monumental”.

“Eu não me sinto um salvador. Quando a equipe ganha, ganham todos. Volto porque o time necessitava se reforçar e eu entro por isso. Eu me sinto como alguém que pode somar no futebol e na parte anímica”, disse Valdivia na sua apresentação, nesta terça-feira. O contrato dele terá apenas três meses de duração, período que servirá apenas para garantir sua participação na reta final da temporada do futebol chileno.

Valdivia disse que até gostaria de ter assinado por um período maior, mas disse que entende a situação delicada do clube. “Eu gosto de enfrentar desafios. Eu me sinto bem e contente. Na parte física eu vivi dois anos muito peculiares. Eu estava em casa tranquilo e descansando quando recebi a oportunidade de vir para o Colo-Colo. Eu me sinto muito feliz por estar de volta”, completou.

O chileno teve duas passagens pelo Palmeiras. Uma entre 2006 e 2008 e outra de 2010 a 2015. Pela seleção do seu país, o meia disputou duas Copas do Mundo e conquistou a Copa América de 2015.

Para cima