Esportes

Confiança supera Vitória de virada no Barradão e se aproxima do G4 da Série B

O Confiança encostou no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro ao bater o Vitória, de virada, pelo placar de 3 a 2, em jogo realizado nesta sexta-feira, no estádio do Barradão, pela 26ª rodada. O clube sergipano chegou ao quarto jogo sem derrotas.

Com o resultado, o Confiança ficou com 39 pontos, a dois de entrar na zona de acesso. O clube, que esteve na zona de rebaixamento, começa a sonhar em alçar voos maiores. O Vitória, por outro lado, não perdia há cinco jogos e ficou com 32, no meio da tabela.

Apesar do jogo equilibrado, o Vitória foi mais incisivo no primeiro tempo. Fernando Neto achou Rafael Carioca na esquerda. O lateral tirou da marcação e chutou por cima. Aos 18 minutos, Léo Morais avançou em liberdade pela direita e cruzou para Léo Ceará. O atacante apareceu no meio da defesa adversária e testou firme no fundo das redes, marcando contra o ex-clube.

Atrás do placar, o Confiança se atirou ao ataque, mas pecou muito na finalização, mesmo tendo chutado o triplo de vezes em relação ao rival. No entanto, achou o gol de empate aos 38 minutos. Após a arbitragem marcar pênalti em um toque de Fernando Neto dentro da área, Reis foi para a cobrança e igualou o marcador.

No segundo tempo, o Vitória voltou melhor e exigiu um milagre de Jean. O goleiro pegou um chute à queima-roupa de Wallace. Mas não teve a mesma sorte no lance seguinte. Thiago Lopes acionou Léo Ceará. Em noite iluminada, o atacante chutou por baixo do arqueiro para fazer 2 a 1.

Em vantagem, o Vitória começou a administrar o resultado e chamou o time sergipano para o seu campo de defesa. E foi castigado. Aos 31 minutos, Reis cruzou, Ari Moura desviou e Rafael Vila soltou o pé para empatar.

O baque foi grande. O Vitória sentiu, enquanto o Confiança foi para cima e virou aos 33 minutos. Reis cruzou para Matheus Mancini, que ajeitou para Ítalo. O meia pegou mal na bola, mas ela ficou com Serginho. O volante deu um belo presidente para Renan Gorne, que só empurrou.

Na próxima rodada, o Confiança enfrenta o CSA na terça-feira, às 21h30, no estádio Batistão, em Aracaju. No mesmo dia e horário, o Vitória visita o Cuiabá na Arena Pantanal.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 2 X 3 CONFIANÇA

VITÓRIA – César; Léo (Jonathan Bocão), Wallace Reis, Maurício Ramos e Rafael Carioca; Matheus Frizzo (Mateusinho), Lucas Cândido (Dudu), Fernando Neto e Thiago Lopes (Ruan Nascimento); Vico e Léo Ceará (Caicedo). Técnico: Rodrigo Chagas.

CONFIANÇA – Jean; Thiago Ennes, Nirley, Matheus Mancini e Djalma Silva (Everton); Madison (Serginho), Jeferson Lima (Ítalo) e Rafael Vila; Ari Moura (Alyson), Reis e Bruno Paraíba (Renan Gorne). Técnico: Daniel Paulista.

GOLS – Léo Ceará, aos 18, e Reis, aos 38 minutos do primeiro tempo. Léo Ceará, aos sete, Rafael Vila, aos 31, e Renan Gorne, aos 33 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Wanderson Alves de Souza (MG),

CARTÕES AMARELOS – Léo e Léo Ceará (Vitória); Djalma Silva. Matheus Mancini e Serginho (Confiança).

LOCAL – Estádio Barradão, em Salvador (BA).

Para cima