Esportes

Frustrado com empate, Ricardinho admite que o Botafogo precisa evoluir bastante

O empate do Botafogo com a Portuguesa-RJ por 1 a 1, neste domingo, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ), pela oitava rodada da Taça Guanabara, deixou um sentimento de frustração para os botafoguenses. Primeiro porque o time fez um gol antes do primeiro minuto e segundo porque atuou todo segundo tempo com um jogador a mais.

Para o meia Ricardinho, o time bobeou mesmo. “A gente deveria ter aproveitado porque saímos na frente, tivemos mais chances e depois ficamos com um jogador a mais. Temos que evoluir, principalmente, na transição do meio-campo ao ataque”, reconheceu.

Mas ele acha que o time tem muito a crescer, ressaltando que ainda está em formação. “Temos um grupo em formação e que precisa evoluir sua performance. Mas não vamos conseguir isso de uma hora para outra, inclusive, podemos aproveitar bem esta semana cheia de trabalho”. Por fim, também se mostrou triste como acredita estar a torcida. “Nós não estamos satisfeitos, como os torcedores. Mas agora é o momento de fortalecer o grupo e de muito trabalho”, finalizou.

O meia Marcinho também viu duas atuações do Botafogo. “Fomos bem no primeiro tempo, depois recuamos por uma estratégia de jogo, porém, não deu certo. Mas todo mundo tem falado que nós precisamos caprichar mais na finalização. Também acho. Estamos num processo de formação, mas vamos trabalhar pela classificação às semifinais”, prometeu. No momento, o clube ocupa a quarta posição com 11 pontos. Mas Madureira, com a mesma pontuação, e Fluminense, com 10, ainda vão jogar nesta rodada.

Pela primeira vez, o técnico Marcelo Chamusca experimentou o esquema 4-4-2, com apenas dois atacantes Matheus Babi e Rafael Navarro. Para Navarro, “a experiência foi boa, porque eu e o Babi nos movimentamos bastante lá na frente”. Ele não soube afirmar se o companheiro está de saída de clube e o que pode mudar com isso. “Não sei de nada, mas acho que temos bons jogadores no setor ofensivo”, concluiu.

Nas últimas semanas, a possível saída de Babi foi dada como quase certa, mesmo porque o clube pode obter uma boa receita. Coincidência ou não, ele não teve uma boa atuação e deixou o campo no intervalo.

Para cima