Esportes

Guilherme Arana admite atuação do Atlético-MG abaixo do esperado

A vitória do Atlético-MG sobre o Boa, por 2 a 1, não foi do jeito que os jogadores queriam às vésperas da estreia da Copa Libertadores, marcada para a próxima quarta-feira, contra o Deportivo La Guaira, da Venezuela. Autor do gol da vitória deste domingo, o lateral-esquerdo Guilherme Arana admitiu que a atuação deixou a desejar.

“A sensação que fica é que (produzimos) abaixo porque não fizemos os gols. Criamos muitas chances, mas não concluímos. Mudamos um pouco nosso espírito, no sentido de competir mais. No clássico, não competimos como deveríamos. É isso que o grupo precisa fazer. Foi uma boa semana de trabalho, trabalho intenso. É manter a pegada lá em cima porque vem a Libertadores aí e Libertadores é jogo assim”, comentou o lateral.

O espírito enaltecido pelo lateral acabou ajudando o Atlético-MG a buscar a virada nos minutos finais. A vitória levou o time atleticano aos 24 pontos, garantindo a melhor campanha na primeira fase do Estadual. Desta forma, a equipe tem vantagem nas fases finais de jogar por empate nas duas partidas.

Para o confronto desta quarta-feira, o técnico Cuca poderá contar com o atacante Hulk e o zagueiro Igor Rabello, que cumpriram suspensão e desfalcaram o Atlético-MG contra o Boa Esporte. Quem não vai poder viajar é o próprio treinador, suspenso por dois jogos na final da Libertadores 2020 quando ainda comandava o Santos.

Para cima