Esportes

No dérbi 199, Guarani pode se classificar e deixar Ponte Preta quase eliminada

A história do dérbi 199 começará a ser escrita a partir das 21 horas desta quarta-feira no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O enredo mostra Ponte Preta e Guarani em situações opostas no Campeonato Paulista. Enquanto o time alvinegro vem de três derrotas seguidas e está fora da zona de classificação, o time alviverde venceu os dois últimos duelos e poderá confirmar, matematicamente, a vaga.

Derrotada pelo Ituano, por 2 a 1, em Itu, a Ponte parou na 3ª colocação do Grupo B, com dez pontos, a cinco da zona de classificação. Depois desse jogo remarcado pela sexta rodada, os times terão só mais duas partidas e seis pontos em disputa. O Guarani, que superou o Novorizontino, por 2 a 1, ocupa a vice-liderança do Grupo D com 14 pontos e abriu quatro do terceiro colocado. Uma vitória colocará o time nas quartas de final.

No retrospecto geral, o Guarani leva uma ligeira vantagem sobre o rival: são 67 contra 65 vitórias. Além disso, outros 65 duelos terminaram empatados e há um resultado desconhecido, realizado em março de 1912. A Ponte, porém, não perde o dérbi no seu estádio desde 2009. São quatro vitórias e dois empates.

Na Ponte, o técnico Fábio Moreno e o lateral-esquerdo Yuri estão suspensos e serão desfalques. O auxiliar Sandro Froner, ex-zagueiro da década de 90, comandará o time. Já na esquerda a dúvida é grande. Jean Carlos, o favorito, briga pela vaga com Rayan e Felipe Albuquerque.

Na direita, Apodi retoma sua posição e pegará o lugar do próprio Albuquerque. O lateral-esquerdo Jean Carlos, o meia Renan Mota, o meia-atacante Papa Faye foram liberados pelo departamento médico e ficam à disposição, assim como o atacante Moisés, que resolveu problemas burocráticos de documentação.

O atacante Niltinho é outro reforço. Ele chegou a ser internado segunda-feira por causa de fortes dores abdominais, mas está bem. Treinou na terça e vai para o jogo, mesmo porque existe uma pressão muito forte sobre o time. “Ele já está recuperado e já treinou hoje sem problemas, bem como pode jogar na noite de quarta”, atestou o médico Felipe Abreu, coordenador do departamento médico.

No Guarani, o técnico Allan Aal não terá Bidu e Rodrigo Andrade, expulsos após o jogo da última rodada. Os dois trocaram socos em pleno gramado e foram multados pelo clube. Nesta terça, porém, apareceram sorridentes e se desculparam com todos. Foram multados, por valor não revelado, e prometeram entregar algumas cestas básicas. Eliel na lateral esquerda e Índio no meio-campo, respectivamente, devem ser os substitutos.

Para cima