Esportes

Operário-PR volta a vencer e complica rival Paraná na Série B

Operário-PR e Paraná fizeram um confronto regional bem equilibrado na noite desta sexta-feira, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR). O time da casa foi mais efetivo em suas chances e venceu por 1 a 0, com gol de Ricardo Bueno, em partida válida pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Os dois times estão na zona intermediária da tabela. Com a vitória, o Operário está em 11º lugar, com 32 pontos, encerrando sequência de duas derrotas. O adversário está estagnado nos 29 pontos, em 14º, acumulando quatro derrotas seguidas e seis rodadas sem vitória.

Os dois times começaram a partida com boas chances. Marcelo, do Operário, levou perigo em duas cobranças de escanteio em tentativa de gol olímpico. Em seguida, o Paraná respondeu com Wandson, em rápido contra-ataque. Ele invadiu a área, chutou cruzado, mas o goleiro Thiago Braga se esticou todo para defender. A partir daí, o Operário conseguiu se organizar melhor, mas as finalizações eram bloqueadas pela defesa ou paravam na boa atuação do goleiro adversário.

Antes do intervalo, o Paraná conseguiu construir outra boa oportunidade. Thiago Alves recebeu grande passe de Wandson e saiu na cara do gol. Precisou pensar rápido e chutar de primeira, mas mandou para fora.

No segundo tempo, os dois times tiveram dificuldades de furar a defesa. Até arriscaram de fora da área, com Matheus Matis para o Paraná e Tomas Bastos para o Operário, mas sem perigo.

Quem chegou ao gol foi o Operário, aos 18 minutos, e veio de bola parada. Após cobrança de escanteio, o experiente atacante Ricardo Bueno subiu alto e cabeceou firme. A bola bateu no chão e foi no alto do gol. Este foi o segundo gol em quatro jogos dele pelo time paranaense.

Pouco depois, o Paraná desperdiçou mais uma chance, desta vez com Renan Bressan. Ele recebeu passe dentro da área e chutou rasteiro, mas no meio do gol, facilitando a defesa.

Aos 30 minutos, Tomas Bastos fez bonito corte na intermediária e finalizou muito forte. No meio do gol, o goleiro precisou espalmar. O Paraná tentou exercer pressão na parte final do jogo, mas as chances que construiu não foram claras. Andrey e Bruno Lopes tentaram de cabeça, mas sem força. Bruno também tentou chute da entrada da área, já aos 42 minutos, mas por cima.

O Operário volta a campo já na próxima segunda-feira, às 17h, quando visita o Brasil-RS no estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS), pela 25ª rodada. Na terça-feira, às 21h30, o Paraná recebe o Vitória no estádio Durival Britto, em Curitiba (PR).

FICHA TÉCNICA:

OPERÁRIO-PR 1 x 0 PARANÁ

OPERÁRIO – Thiago Braga; Sávio, Rafael Bonfim, Ricardo Silva e Fabiano; Mazinho, Tomas Bastos e Marcelo (Rafael Chorão); Diego Cardoso (Maranhão) (Pedro Ken), Ricardo Bueno (Schumacher) e Thomaz (Jorge Jiménez). Técnico: Matheus Costa.

PARANÁ – Filipe; Paulo Henrique, Rafael Lima (Salazar), Fabrício e Jean Victor (Juninho); Jhony Douglas (Vitinho Mesquita), Karl e Renan Bressan; Thiago Alves, Matheus Matias (Bruno Lopes) e Wandson (Andrey). Técnico: Rogério Micale.

GOL – Ricardo Bueno aos 18 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Rodrigo Carvalhães de Miranda (RJ).

CARTÕES AMARELOS – Tomas Bastos e Thomaz (Operário). Andrey, Juninho, Jhony Douglas e Thiago Alves (Paraná).

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR).

Para cima