Esportes

Palmeiras multa Luiz Adriano por descumprir protocolos contra covid-19

A direção do Palmeiras vai multar Luiz Adriano por ter desrespeitado os protocolos contra a covid-19. O atacante testou positivo para o novo coronavírus na semana passada, mas deixou o isolamento para ir a um supermercado, onde se envolveu em um acidente de trânsito, na segunda-feira.

“O clube segue rígidos protocolos de segurança e, em um de seus exames periódicos, Luiz Adriano testou positivo para a covid-19 na semana passada. Ele foi afastado das atividades presenciais e orientado a ficar em isolamento em casa, mas descumpriu esse protocolo”, lamentou o clube, em comunicado.

O Palmeiras prometeu multar o atleta. “Diante do ocorrido, o Palmeiras tomará providências internas. Neste caso específico, as ações administrativas serão convertidas em cestas básicas. É um momento de conscientização e ajuda aos que mais precisam.”

Pelas redes sociais, Luiz Adriano admitiu que quebrou as regras do protocolo. “Fui orientado a ficar em casa de quarentena sob o acompanhamento do DM (departamento médico), porém ontem fui ao supermercado do shopping levar minha mãe que não sabe dirigir, sem sair de dentro do meu carro e de máscara, mas acabei me envolvendo em um acidente em que uma bicicleta bateu no carro na saída do estacionamento”, declarou.

O atacante garantiu que manteve os cuidados básicos para evitar transmitir o vírus. “Permaneci de máscara e afastado a todo momento, porém não poderia deixar de prestar socorro a pessoa que sofreu o acidente. Todos estão bem. Sim, não deveria ter saído de casa, errei, reconheço!”

Luiz Adriano fez o teste na quinta-feira da semana passada. “Infelizmente, mais uma vez testei positivo para a covid-19”, disse o jogador. “Eu já havia contraído este vírus antes, estou totalmente assintomático, inclusive tenho meu IgG reagente, mas as regras do clube são claras.”

Em razão do novo teste positivo, o atacante já não vinha treinando com o grupo nos últimos dias. Assim, sequer foi relacionado para o jogo de ida da Recopa Sul-Americana, contra o Defensa Y Justicia, nesta quarta-feira, em Buenos Aires, na Argentina.

Para cima