Esportes

Pato e a mulher, Rebecca Abravanel, são vacinados contra a covid-19 nos EUA

O atacante Alexandre Pato tomou a primeira dose da vacina contra a covid-19 nos Estados Unidos, país onde vive atualmente. O ex-jogador de São Paulo e Corinthians, que atualmente defende o Orlando City, da Florida, postou uma foto em seu perfil no Instagram no momento em que era vacinado por um integrante da equipe de saúde. Na rede social, ele contou que sua mulher, Rebecca Abravanel, também foi imunizada e disse estar otimista com a possibilidade de dias melhores com o avanço da campanha de prevenção contra o coronavírus. “Hoje eu e minha esposa tomamos nossa primeira dose da vacina para a covid-19, é ótimo ver que dias melhores estão chegando”, mostra a postagem do jogador.

Alexandre Pato acertou a sua transferência para o futebol dos Estados Unidos em fevereiro deste ano após uma passagem sem sucesso no São Paulo. A sua estreia aconteceu no último dia 19 contra o New York City. Apesar da derrota de 3 a 2, o jogador brasileiro deixou a sua marca. “Eu me sinto cada dia melhor do que antes”, falou o artilheiro sobre a sua adaptação.

Tido como uma das maiores promessas do futebol brasileiro quando surgiu no Internacional, Pato teve passagens pela Europa, China e também pelo futebol paulista. Aos 31 anos, porém, e sem nunca ter se firmado na seleção brasileira, o jogador agora desembarca no mercado dos Estados Unidos, que está longe de ter um futebol de ponta.

O atleta, que havia retornado ao Morumbi em 2019 como a grande contratação da equipe, acabou perdendo espaço no time titular com o técnico Fernando Diniz. No período em que vestiu a camisa tricolor, ele atuou em 35 partidas e marcou nove gols (o que dá um aproveitamento de 0,26 por confronto).

Sobre a sua saída do São Paulo, Pato disse que não guarda mágoa do clube e descartou qualquer tipo de desentendimento com Daniel Alves. Ele afirmou que jamais usou as redes sociais para mandar algum tipo de recado para os dirigentes ou possíveis desafetos no Morumbi. “Eu sempre fui pessoa que coloca ´boa noite` e bom dia na rede social. Sair foi uma decisão minha. Se eu quisesse, teria ficado. Quando vim para o São Paulo, abri mão de parte financeira e também saí abrindo mão de muito dinheiro. Gostava e gosto do clube”. Por fim, o atleta negou qualquer desentendimento no elenco. “Nunca tive discussão com o Dani (Alves). Nunca tive treta com ninguém”.

A sua passagem cercada de polêmica pelo Parque São Jorge também foi lembrada por Pato na atração do SBT. Repatriado pelo Corinthians junto ao Milan em 2013, ele acabou indo para o São Paulo numa troca por Jadson. O estopim para a saída foi um pênalti perdido contra o Grêmio na Copa do Brasil, quando tentou dar uma cavadinha diante do goleiro Dida. Apesar de ter saído em baixa do clube, ele se apoiou no seu rendimento dentro de campo para se defender. “Eu bati o pênalti daquela maneira porque achei que iria fazer e acabei errando. O torcedor pegou raiva de mim. Mas outro dia eu li que fui o melhor jogador do time em 2013. Fui quem mais fez gols e deu assistências”, completou o atacante.

Com contrato acertado por uma temporada com o Orlando City, Pato revelou em entrevista ao programa Arena SBT, que esteve perto de acertar o seu ingresso no Flamengo quando deixou o futebol chinês em 2019. O atacante de 31 anos chegou a conversar com a cúpula rubro-negra, mas o acordo acabou não acontecendo. “Conversei bastante com o Marcos Braz (vice-presidente de futebol do clube carioca). Gente boa demais, super correto, cara muito bacana. Foi sensacional comigo. Só que, quando tudo se resolveu, eu busquei voltar ao São Paulo”, revelou o atacante.

Apesar de a transferência não ter se concretizado, o jogador deixou em aberto a possibilidade de vestir a camisa do Flamengo num futuro próximo. “Hoje eu estou aqui no Orlando e pretendo jogar mais uns dois ou três anos. Quando assinei com o São Paulo, fiz um contrato de quatro anos, mas mudei time. Então a gente nunca sabe. Mas quem não quer jogar no Flamengo”, declarou o jogador na entrevista.

Para cima