Esportes

Pato Futsal é eliminado da Liga na prorrogação

O Pato Futsal lutou em quadra, mas foi eliminado pelo Joinville - foto: Juliano Schmidt

O time do Pato Futsal foi valente, venceu o Joinville no tempo normal, por 3 a 2, mas na prorrogação, quando também precisava da vitória, acabou perdendo por 2 a 0 e está fora da Liga Nacional de Futsal (LNF) 2020.  Agora o time pato-branquense vai disputar a Supercopa, em Erechim (RS). O primeiro jogo será nesta quinta-feira, às 16h, contra o Corinthians.

O time catarinense começou melhor e abriu o placar com Rodriguinho. Em cobrança de escanteio, Genaro finalizou e a bola bateu na trave. O Pato teve uma chance com Perin, mas Willian defendeu. O técnico Sérgio Lacerda pediu tempo para acertar a equipe em quadra. O Joinville teve a chance de ampliar com Xuxa, que finalizou e a bola tocou no travessão. O Pato fez boa jogada e Perin chutou para a defesa de Willian.  O time pato-branquense adiantou a marcação para forçar os erros do adversário e chegou novamente com Peru, que bateu para fora. Em seguida, Peru fez falta em Genaro e levou cartão amarelo. O Pato partiu para cima e Tiago Selbach obrigou Willian a praticar uma excelente defesa. O Joinville chegava com perigo. Dieguinho chutou e a bola bateu na trave. Augusto cruzou a bola bateu na mão de um jogador adversário e Tiago Selbach fez o gol, mas a arbitragem marcou pênalti. Valença cobrou e empatou o jogo.

Precisando da vitória, o Pato Futsal voltou com outra postura para o segundo tempo, mas a primeira chance foi do Joinville. Genaro finalizou e Ramon defendeu. O Time pato-branquense armou um contra-ataque e Tiago Selbach chutou para a defesa de Willian. A equipe catarinense chegou com Renatinho, que bateu e Ramon defendeu. Falta para o Joinville, Caio rolou a bola para Dieguinho, que finalizou para a defesa de Ramon. O Pato deu o troco com Rodriguinho, que finalizou em cima do goleiro, pegou o rebote e sofreu falta. Depois Thiaguinho bateu e Willian defendeu. Contra-ataque do Joinville e Rodriguinho tocou na saída de Ramon para fazer 2 a 1. O time pato-branquense partiu para cima com Valença de goleiro-linha. Perin chutou a bola bateu na zaga e foi para escanteio. Em seguida, Perin finalizou novamente e empatou o jogo, 2 a 2. O Pato virou o placar com Valença, 3 a 2. O time catarinense teve a chance de empatar com Machado, que bateu para fora. O Joinville pressionava, mas o Pato soube se defender e garantiu a vitória.

Prorrogação

O Joinville foi para o ataque e o Pato se defendia bem e tentava nos contra-ataques.  Perin bateu e Willian defendeu. Valença entrou como goleiro-linha. Perin obrigou Willian a praticar mais uma defesa.

No segundo tempo, o Pato precisava da vitória e seguiu com goleiro-linha. O Joinville fez 1 a 0, com Machado. O time pato-branquense chegou com Denner e depois com Thiaguinho, mas Willian defendeu. Depois Perin bateu para fora. No contra-ataque o Joinville ampliou com Leco e garantiu a classificação.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima