Esportes

Ponte Preta cede e fica perto de anunciar a contratação do atacante Niltinho

A Ponte Preta cedeu na questão tempo de contrato e se aproximou da contratação do atacante Niltinho, que está no Chaves, de Portugal. O clube paulista não tem costume de fechar longos contratos, mas topou firmar vínculo de dois anos com o atleta de 27 anos.

Em contrapartida, a Ponte receberá uma taxa de vitrine, caso Niltinho seja negociado. O jogador foi indicado pelo executivo de futebol Alarcon Pacheco, que o conhece da época em que esteve no futebol alagoano. Agora, restam detalhes burocráticos para a assinatura do contrato.

Desde a saída de Bruno Rodrigues, o time de Campinas enfrenta dificuldades para organizar o ataque novamente. A Ponte tenta sanar o problema do lado direito do campo. Niltinho é canhoto e joga aberto pela lateral, características perfeitas para ocupar o setor carente do ataque ponte-pretano. Antes do Chaves, Niltinho passou por CSA, Chapecoense, Atlético-GO, Criciúma, São Caetano, Volta Redonda, entre outros times.

Outra boa notícia é o fato de que a Ponte Preta não tem mais profissionais com covid-19. O técnico Fabinho Moreno e os atletas Papa Faye, Anderson, Marcos Junior, Jean Carlos e Léo Naldi saíram da quarentena e trabalharam na manhã desta sexta-feira no CT do Jardim Eulina. A Ponte Preta sofreu com o surto de coronavírus desde o início da temporada. Foram 32 profissionais, sendo 18 jogadores, atingidos.

Com quatro pontos, a Ponte Preta está em terceiro lugar no Grupo B do Campeonato Paulista. O duelo contra o Santos, pela quinta rodada, que deveria ter acontecido na última quinta, segue sem data, horário e local.

Para cima