Esportes

Sem Alonso, Alpine apresenta carro com cores da bandeira da França

Sem a presença de Fernando Alonso, a Alpine anunciou nesta terça-feira seu carro para a temporada 2021 da Fórmula 1. Novo nome da Renault na competição, a equipe francesa trocou o amarelo e o preto pelas cores da bandeira do país europeu. O evento contou até com um “Allez les bleus!” (“Vamos, França!”, em tradução livre), grito tradicional da torcida pela seleção de futebol francesa.

Assim, o modelo A521 conta com azul, vermelho e branco. E continuará a ser conduzido pelo motor Renault. Em comparação ao carro da última temporada, há poucas mudanças na estrutura e nos componentes, em razão do regulamento técnico mais restrito para este ano – as grandes novidades ficaram para 2022.

A marca Alpine tem longa história no automobilismo mundial. Com o motor Renault, venceu as 24 Horas de Le Mans em 1978. Agora o time tenta recuperar os bons tempos vividos com o nome anterior, apostando em um nome de relevância tanto para a equipe quanto para a Fórmula 1.

Bicampeão mundial pela própria Renault, Fernando Alonso está de volta. Mas não fez parte do lançamento virtual do novo carro. Ele se recupera de um acidente de bicicleta e virou dúvida para as sessões da pré-temporada, ainda neste mês, no Bahrein, local da abertura do campeonato, no dia 28.

Apesar disso, ele garante estar em boas condições físicas. “Me sinto muito bem e em grande forma. Tenho trabalhando tanto física quanto mentalmente. Tenho me preparado para esta volta e estou muito motivado. Estou pronto”, garantiu o piloto, que ficou dois anos afastado da categoria.

Alonso vai formar dupla com o francês Esteban Ocon. Nesta terça, o time confirmou que o experiente russo Daniil Kvyat será o piloto reserva. Entre idas e vindas na Fórmula 1 nos últimos anos, o piloto de 26 anos perdeu seu posto de titular na AlphaTauri para o estreante Yuki Tsunoda ao fim da última temporada.

Para cima