Esportes

Toque de recolher em Minas altera horário de estreia do Vasco na Copa do Brasil

O futebol brasileiro tem sofrido impacto com as medidas de restrição no combate à covid-19 impostas por alguns governos estaduais. A CBF, por exemplo, teve de fazer alterações em datas e horários de alguns confrontos desta semana pela primeira fase da Copa do Brasil. Um deles é a estreia do Vasco contra a Caldense, em Poços de Caldas (MG).

A partida no estádio Ronaldão estava marcada para esta quinta-feira, às 21h30, e foi alterada para as 17h30 do mesmo dia. A mudança no horário ocorreu, conforme explicado pela assessoria de imprensa da Caldense, por conta do toque de recolher imposto pelo Governo de Minas Gerais para todas as cidades do Estado. A medida começou a valer nesta quarta.

Para jogar em Poços de Caldas, a diretoria e a comissão técnica do Vasco optaram por uma logística diferente para a viagem até o Sul de Minas. O trajeto aconteceu de ônibus depois que se Constatou que o tempo de deslocamento seria praticamente o mesmo se a viagem fosse de avião, em virtude da malha aérea reduzida e da necessidade de escala em uma outra cidade.

A ida de ônibus facilita também, na visão do clube, na preparação para o clássico contra o Botafogo, no domingo, pelo Campeonato Carioca. Se fosse de avião, em virtude dos horários disponíveis para deslocamento, o elenco retornaria ao Rio de Janeiro apenas na tarde de sexta-feira.

Em campo, o Vasco poderá ter novidades. O zagueiro Leandro Castan, o atacante argentino Germán Cano e Léo Matos voltaram a ser relacionados. O lateral-direito Zeca, recém-contratado, também viajou e deve estrear.

Para cima