Aldo perde para irlandês em 13 segundos no UFC

O irlandês Conor McGregor precisou de apenas 13 segundos para derrotar o brasileiro José Aldo na madrugada deste domingo (13), em luta realizada em Las Vegas, nos Estados Unidos, pelo UFC 194.
Com o triunfo, McGregor é o novo campeão da categoria dos penas.
O irlandês acertou um duro golpe em Aldo logo com 13 segundos de luta e não deu chance para o brasileiro, que chegou a acertar o adversário na troca de socos, mas sem a potência necessária para derrubá-lo.

Divulgação UFC

“Sinto muito por José. Ele é um campeão fenomenal. Mas ainda sinto que precisão vence força e tempo vence velocidade”, disse o irlandês após a luta.
Além de ser conhecido por seu estilo provocador fora dos octógonos, McGregor tem agora 15 vitórias consecutivas no MMA (artes marciais mistas), o que lhe rendeu, antes do combate, elogios inclusive do presidente do UFC, Dana White, que o comparou a Muhammad Ali, um dos maiores pugilistas da história.
Aldo não sabia o que era perder havia dez anos. No UFC, são sete vitórias, sendo a última delas contra o americano Chad Mendes, em 2014. Agora, ele tem em seu currículo no MMA 25 triunfos e duas derrotas.
Logo depois do nocaute, ele já pediu um novo combate.
“Acho que precisamos de uma revanche. Não foi realmente uma luta”, disse Aldo.

Não mais peso-pena

Faz algumas horas que Conor McGregor se tornou o campeão linear dos pesos-pena do UFC, mas o irlandês já mira outras categorias. Em entrevista à Fox Sports norte-americana, o presidente do UFC 194, Dana White, revelou que o treinador do ‘Notorious’ garantiu que seu pupilo não lutará mais na divisão até 66kg.
White disse ainda que caso McGregor realmente mude para o peso-leve, ele enfrentará o vencedor do duelo entre Rafael dos Anjos, Donal Cerrone que acontece no próximo sábado (19) no UFC Orlando, e vale o título da categoria até 70kg.
Na coletiva de imprensa realizada após o evento, o representante do UFC Dave Sholler afirmou que o irlandês tem duas opções: defender o título contra Frankie Edgar, ou vagar o cinturão e lutar pelo título dos leves.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima