Alta do dólar faz clube pagar mais de R$ 400 mil a Bauza

GUILHERME PALENZUELA

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O São Paulo anunciou no fim da tarde de quinta-feira a contratação do argentino Edgardo Bauza, 57, bicampeão da Copa Libertadores, como novo treinador para 2016. Depois de 38 dias sem técnico, o clube fechou em Quito, no Equador, com o técnico que acaba de deixar o San Lorenzo ao final da temporada, e que é considerado um dos mais badalados da América do Sul nos últimos anos. Para isso, teve de extrapolar o teto salarial de R$ 300 mil estipulado para treinador e jogadores a partir do ano que vem.

Segundo apurou a reportagem, Edgardo Bauza custará ao São Paulo pouco mais de R$ 400 mil mensais. O contrato, válido para o treinador e sua comissão técnica composta por mais dois ou três profissionais foi fechado em valor ligeiramente superior a 100 mil dólares (R$ 390 mil).

?É uma coisa que está dentro dos nossos padrões. Chega um pouco mais [do que 100 mil dólares], porque não é só ele. É ele e a equipe?, disse o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, ao ser questionado sobre o valor do contrato. Leco completa que extrapola ?muito pouco? o teto salarial antes estipulado pelo clube.

A alta do dólar nos últimos meses foi responsável pelo esforço financeiro que o São Paulo teve de fazer para fechar com Edgardo Bauza. Segundo informado pela diretoria, o contrato de Juan Carlos Osorio foi fechado em 70 mil dólares em conversão fixada no dia da assinatura do documento, com dólar fechado em R$ 3,42. Assim, o treinador colombiano que até hoje mantém boa relação com clube e dirigentes fora o ex-presidente Carlos Miguel Aidar recebia o equivalente a R$ 240 mil mensais.

A operação para fechar com Edgardo Bauza ganhou força nos últimos dias. O argentino estava em Miami até terça-feira e, por telefone, avançou no acordo em negociação com o diretor executivo de futebol, Gustavo Vieira de Oliveira. Na quarta-feira, o dirigente são-paulino embarcou para Quito, no Equador, cidade em que o argentino tem família desde os tempos em que foi treinador da LDU e selou o acordo durante a tarde de quinta-feira.

?Quarta-feira a coisa se desenvolveu, aí o Gustavo me ligou à noite, de Quito. Foi tudo feito em Quito. Terça-feira ele [Bauza] estava em Miami, e ele iria para Quito porque a família dele é de lá. Gustavo conversou com ele, super bem, teve muito boa impressão, acertou todas as condições e ficou de acertar todo o resto quinta. E agora já foi assinado, não o contrato, mas o documento. Gustavo ligou para mim e eu falei com o Edgardo Bauza. Ele foi muito educado, simpático, foi uma conversa muito boa?, conta Leco.

Procurado pela reportagem, Bauza não quis falar antes de sua apresentação no São Paulo, e confirmou que se pronunciará na próxima quarta-feira (23). Segundo informado pelo clube, o argentino viaja ao Brasil na noite da próxima terça-feira e será apresentado à torcida e à imprensa na quarta-feira, logo depois de assinar todos os termos do contrato.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima