Atlético-MG bate a Chapecoense e garante vice-campeonato

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Com o Mineirão lotado de mais de 32 mil torcedores, o Attlético-MG venceu a Chapecoense com facilidade por 3 a 0 e garantiu a segunda colocação no Brasileiro, atrás apenas do campeão Corinthians e à frente do Grêmio, que também venceu neste domingo (6).

Das tribunas do estádio o uruguaio Diego Aguirre, anunciado como novo técnico da equipe mineira, viu Giovanni Augusto aparecer como o grande destaque da partida, com assistências para os dois primeiros gols de sua equipe.

Com a derrota, a Chapecoense encerrou sua participação no campeonato na 14ª colocação.

Aos 38 minutos do primeiro tempo, Giovanni Augusto deu passe para Thiago Ribeiro, que bateu cruzado e abriu o placar para o Atlético-MG.

Aos cinco minutos do segundo tempo, o zagueiro Leonardo Silva ampliou a vantagem em gol de cabeça após cobrança de escanteio.

Dezessete minutos depois, o lateral Patric deu números finais ao jogo.

Com o resultado, o Atlético-MG garantiu R$ 6,3 milhões de premiação pela segunda posição, enquanto o Grêmio ficou com R$ 4,3 milhões.

ATLÉTICO-MG

Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Patric; Rafael Carioca (Eduardo) e Lucas Cândido; Giovanni Augusto, Luan, Thiago Ribeiro e Lucas Pratto (Carlos)

T.: Diogo Giacomini

CHAPECOENSE

Nivaldo; Caramelo, Rafael Lima, William Thiego e Tiago Costa; Elicarlos (Maylson), Gil e Camilo; William Barbio (Hyoran), Ananias (Wanderson) e Bruno Rangel

T.: Guto Ferreira

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte

Árbitro: Wilton Pereira Sampaioi (GO)

Gols: Thiago Ribeiro, aos 38 min do 1º tempo; Leonardo Silva, aos 5, e Patric, aos 22 min do 2º tempo

Público: 32.229

Renda: R$ 733.720,00

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima