Ausente durante toda Copa América, presidente da Conmebol entrega taça

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Depois de não ser visto em nenhuma partida da Copa América, o presidente da Conmebol, o paraguaio Juan Angel Napout, esteve neste sábado (4) no Estádio Nacional, em Santiago, para assistir ao jogo e entregar a taça de campeão ao Chile.
A ausência de dirigentes da confederação sul-americana durante o torneio se dá em meio às acusações de corrupção denunciadas por autoridades americanas, o que culminou com a prisão de sete cartolas dias antes do Congresso da Fifa, na Suíça, em 27 de maio.
O escândalo levou à renúncia do presidente da Fifa, Joseph Blatter, no dia 2 de junho.
Dois ex-presidentes da Conmebol estão entre os indiciados nos Estados Unidos acusados de receber propinas em contratos de direitos de transmissão e marketing de campeonatos organizados pela entidade. O uruguaio Eugenio Figueredo (2013-2014) foi preso na Suíça no mesmo dia que o ex-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), José Maria Marin. Já Nicolás Leoz (1986-2013) está em prisão domiciliar no Paraguai.
Outra ausência notada durante a disputa da Copa América foi a do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, que, desde que voltou às pressas da Suíça depois da prisão de Marin, não deixou mais o Brasil.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima