Brasil perde bronze e COB não cumpre meta de 100% de medalhas no judô

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O brasileiro Alex Pombo perdeu para o canadense Arthur Margelidon a medalha de bronze do judô na categoria até 73 kg, neste domingo (12). Assim, o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) não conseguiu cumprir a meta de medalhar em todas as 14 categorias do judô nos Jogos Pan-Americanos.
Há quatro anos, em Guadalajara-2011, o Brasil conseguiu 13 medalhas: sete com os homens (dos quais seis ouros e uma prata) e seis com as mulheres (duas de bronzes).
Mais cedo, a carioca Rafaela Silva, 23, conquistou uma medalha de bronze na categoria até 57 kg. Ela venceu a venezuelana Anriquelis Barrios com um wazari e dois yukos.
Com a vitória de Rafaela e o ouro de Charles Chibana, o dia terminou com o país em primeiro lugar no esporte.
Também vieram do judô as primeiras medalhas do Brasil nos Jogos de Toronto, no último sábado (11). Érika Miranda derrotou a canadense Ecaterina Guica na categoria até 52 kg e conquistou o primeiro ouro do país. Felipe Kitadai conseguiu a prata na modalidade abaixo de 60 kg e Nathália Brígida levou o bronze na categoria até 48 kg.
O judô é considerado pelo COB (Comitê Olímpico do Brasil) o carro-chefe do time nacional para os Jogos Olímpicos do Rio-2016.
A modalidade vai, seguidamente, ao pódio olímpico desde Los Angeles-1984. Na edição de Londres-2012, foram quatro medalhas: uma de ouro e três de bronze.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima