Brasileiras ‘jogam capoeira’ e ficam em 4º no 1º dia do nado sincronizado

MARCEL MERGUIZO, ENVIADO ESPECIAL
TORONTO, CANADÁ (FOLHAPRESS) – As brasileiras Luisa Borges, 19, e Maria Eduarda Miccuci, 20, “jogaram capoeira” na piscina do Centro Aquático Pan-Americano em Toronto, nesta quinta-feira (9) e tiveram um resultado abaixo do esperado.
Ao som de berimbaus e vários “paranauês”, o dueto do Brasil estreou com a quarta melhor nota (80.9667) nas apresentações técnicas do nado sincronizado. 
No sábado (11), elas retornam à piscina para a rotina livre. A soma das duas notas define o pódio no Pan -havia a expectativa de que elas pudessem disputar até a prata. O Canadá, dono da casa, é favorito ao título. 
Nas últimas duas edições dos Jogos o Brasil ficou com o bronze no dueto e também por equipes (totalizando oito terceiros lugares na história do nado no evento).
As melhores do dia foram as canadenses Jacqueline Simoneau e Karine Thomas (88.0881). Em segundo ficaram as mexicanas Karem Achach e Nuria Diosdado (84.4133). E, em terceiro, as norte-americanas Mariya Koroleva e Alison Williams, com a nota 82.5209.
As brasileiras foram as primeiras a se apresentarem entre os 12 duetos. Dentro d’água, fizeram movimentos de capoeira como se estivessem dançando nos 2min30 que têm à disposição. 
Ao final, foram aplaudidas e ainda ouviram as companheiras de seleção cantar “Eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor” nas arquibancadas.
A apresentação da equipe nacional acontece ainda nesta quinta, às 19h (de Brasília).
Ao todo, são 15 árbitros que julgam execução, impressão e elementos de cada dueto.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima