Cavani é suspenso por 2 jogos e perderá estreia na eliminatória

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O atacante Edinson Cavani, um dos jogadores mais importantes da seleção uruguaia, foi suspenso por duas partidas oficiais pela Conmebol.
A sanção foi aplicada ao jogador por ter dado um tapa no zagueiro chileno Jara após reagir a uma “dedada” do rival em partida válida pelas quartas de final da Copa América. A agressão ocasionou a expulsão do atacante.
Dessa forma, Cavani ficará de fora das partidas contra a Bolívia, no dia 8 de outubro, e a Colômbia, no dia 12 do mesmo mês, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia, em 2018.
O técnico Oscar Tabárez e o assistente Mario Rebollo, também expulsos contra o Chile, foram punidos com três jogos de suspensão.
Eles não poderão ficar ao lado de campo, nos vestiários e túneis de acesso dos estádios neste período e também estão proibidos de manter qualquer tipo de comunicação com jogadores e comissão técnica durante as partidas.
Jara, por sua vez, foi punido pela agressão, ignorada pelo árbitro, mas flagrada pela câmeras de TV, com três jogos de suspensão, mas teve a pena reduzida para duas partidas.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima