CBF tenta recurso na Fifa para ter Neymar nas eliminatórias da Copa

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A CBF acionou na terça-feira (21) a Câmara de Apelações da Fifa para tentar reverter a suspensão de dois jogos de Neymar. Segundo a entidade mundial, a punição precisa ser cumprida em jogos das eliminatórias para a Copa-2018.
A CBF quer que o jogador cumpra as partidas restantes da punição recebida na Copa América-2015 somente na próxima competição organizada pela Conmebol -entidade que comanda o futebol sul-americano.
O departamento de competições da Fifa, porém, considera que o jogador tem que cumprir a punição nos próximos jogos oficiais da seleção, que serão em outubro, nas duas primeiras rodadas das eliminatórias – em setembro a seleção fará um amistoso contra os EUA.
Neymar foi suspenso por quatro partidas pelo Tribunal de Disciplina da Conmebol durante a Copa América, por xingar e ‘peitar, pela segunda rodada da competição.
Ele cumpriu dois jogos no torneio continental, e ainda restam mais dois. A CBF, na ocasião, desistiu de tentar o recurso na Câmara de Apelações da Conmebol porque, no entender da comissão técnica, seria prejudicial ao time ter Neymar apenas treinando, o que tiraria o foco da competição.
O Brasil acabou eliminado nas quartas de final, ao perder nos pênaltis para o Paraguai.
Em meados de julho, a Fifa confirmou que a punição deve ser cumprida nas eliminatórias num pedido da CBF para que se esclarecesse o caso, o que abriu a possibilidade do recurso.
Caso a entidade rejeite o pedido, a CBF deve entrar com o pedido na Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês), tribunal esportivo de última instância.
No sábado (25), em sorteio na Rússia, a seleção conhecerá a ordem dos jogos das eliminatórias e os adversários de outubro.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima