Ceni pede chances a Denis e Renan Ribeiro em 2016

DIEGO SALGADO

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O São Paulo iniciará, pela primeira vez em 19 anos, uma temporada sem Rogério Ceni como titular da equipe. Em 2016, caberá a Denis ou Renan Ribeiro substituir o ex-goleiro, que se aposentou na última sexta-feira (11).

Em 2015, os dois tiveram chances de lutar pela vaga. Isso porque Rogério teve problemas físicos, com uma lesão na coxa direito em junho e uma ruptura do ligamento do pé direito, já na reta final da temporada. Dos 69 jogos do São Paulo em 2015, o camisa 1 participou de 51.

Na comparação entre os substitutos, Renan Ribeiro leva a melhor sobre Denis. O goleiro de 25 anos entrou em campo 11 vezes na temporada, em um total de 990 minutos em campo. Ele sofreu 14 gols, com média de 1,27 –ou um gol a cada 70,7 minutos.

Denis, por sua vez, disputou oito partidas pelo São Paulo em 2015 –foram 675 minutos em campo. O time levou 12 gols, com média de 1,5 gol por confronto ou um gol a cada 56,3 minutos.

Os números de Ceni são superiores aos dos dois. O capitão são-paulino levou 47 gols em 51 partidas, em um total de 4.545 minutos. A média de gols sofridos é de 0,92 –ou um gol a cada 96,7 minutos.

Aos 28 anos, Denis terá a chance de voltar a disputar uma partida da Libertadores. A primeira vez foi em 2009, nas quartas de final, contra o Cruzeiro. Naquela ocasião, Ceni e Bosco, então primeiro reserva, estavam lesionados.

Denis, terceiro goleiro à época e provável goleiro titular em 2015, não conseguiu evitar a eliminação são-paulina. O time paulista perdeu por 2 a 0 no Morumbi. No Mineirão, outra derrota, mas por 2 a 1.

Ceni fez um apelo à diretoria. Segundo o ex-goleiro, Denis e Renan Ribeiro precisam ter uma chance na equipe titular, sem contratações para a posição. Em 1997, ele ganhou a vaga no time depois de Zetti deixar o São Paulo.

“Tem de ter oportunidade, assim como eu tive. Ele [Denis] tem talento, assim como o Renan. Isso dificultou a certeza [de que Denis seria titular]. Isso mostra que o São Paulo tem dois bons goleiros. Não vejo necessidade de o São Paulo contratar”, disse Rogério em entrevista ao programa ?Esporte Espetacular?, da Globo, neste domingo (13).

Em 2016, o São Paulo voltará a disputar a Libertadores. Com Ceni, o clube participou de nove edições da competição. No período, o São Paulo foi campeão em 2005 e vice na edição seguinte.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima