Clube recusa proposta do Orlando City por Ganso

GUILHERME PALENZUELA
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O São Paulo informou na manhã desta quarta-feira que recusou a proposta de R$ 19 milhões feita pelo Orlando City por Paulo Henrique Ganso. A oferta do clube norte-americano inclui R$ 5 milhões em dinheiro e o perdão da dívida alegada em R$ 13,9 milhões -quantia cobrada na Justiça.
O Orlando City entrou na Justiça contra o São Paulo alegando não ter recebido integralmente o valor referente ao empréstimo de Kaká, ocorrido no ano passado. No acordo, o São Paulo teria de pagar seis parcelas de R$ 400 mil, a renda dos dois primeiros jogos com Kaká no Morumbi e a renda de um amistoso entre os dois clubes a ser realizado. O São Paulo admite ter descumprido o prazo dos pagamentos, mas afirma que o valor a devido ao Orlando em bilheteria é de R$ 1,7 milhão. O clube paulista entende que a ação movida pelo Orlando City não tem qualquer chance de prosperar na Justiça.
Segundo o clube norte-americano, nenhuma parcela foi paga dentro do prazo, a renda de apenas um jogo foi repassada e o amistoso não aconteceu. Agora o Orlando City cobra do São Paulo e tenta fazer com que Ganso entre como pagamento, uma vez que o clube não pode arcar com as despesas neste momento.
O valor definido pela cúpula são-paulina como meta para vender Ganso é R$ 15 milhões pelos 32% dos direitos econômicos que detém. O São Paulo recebeu uma oferta do Flamengo por Ganso há menos de dois meses. Em reunião realizada no estádio do Morumbi, em São Paulo, o clube carioca ofertou R$ 10 milhões pelos 32% dos direitos econômicos ?a DIS, do Grupo Sonda, detém 68%. Antes disso, o Santos ainda tentou um empréstimo do meia de volta à Vila Belmiro, sem sucesso.
Ganso considera a proposta interessante. Ele não vê problema em jogar no futebol dos Estados Unidos aos 25 anos.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima