Clube tem R$ 20 mi para realizar contratações

VINICIUS CASTRO

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – O Flamengo busca pelo menos dois jogadores considerados “incontestáveis” no mercado. A missão de atender aos anseios da torcida não é das mais simples, mas o clube tem motivos para se manter otimista. Com a aprovação do orçamento para 2016, ficou definido que o departamento de futebol tem R$ 20 milhões para gastar em reforços ao longo da temporada.

Este valor ainda deve aumentar, já que o clube aguarda o julgamento do “caso Hernane” e pode receber em torno de R$ 13 milhões do Al-Nassr, da Arábia Saudita, pela aquisição do Brocador em 2014.

Nenhum depósito foi efetuado, e o caso parou na Fifa. A entidade deu ganho de causa aos cariocas, mas os árabes recorreram. A expectativa é a de que a decisão aconteça no primeiro semestre de 2016.

Enquanto isso, o departamento de futebol trabalha com o que foi autorizado pelo Conselho de Administração para reforçar o elenco. Apesar de o valor englobar a temporada, a prioridade é capacitar o time o quanto antes.

“Não incluímos o valor da venda do Hernane, pois tratamos o orçamento de forma conservadora. Concentraremos o máximo destes R$ 20 milhões agora. É um pedido do técnico Muricy Ramalho e desejamos atendê-lo antes da pré-temporada”, explicou o vice-presidente de finanças Cláudio Pracownik.

Se R$ 20 milhões estão previstos para as contratações, o Flamengo trabalha com R$ 10 milhões em vendas de jogadores. Caso o segundo ponto seja confirmado, o clube reverterá o valor para a qualificação do elenco.

“As previsões estão definidas, mas podem ser alteradas para melhor. A nossa ideia é a de que tudo se concretize como idealizamos e até as marcas iniciais sejam superadas”, encerrou o dirigente.

O Flamengo prevê receitas na ordem de R$ 419 milhões -R$ 182 milhões para o futebol. O crescimento é de 16% em relação ao ano de 2015 e acontece principalmente em razão do aumento de R$ 70 milhões na cota de TV.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima