Com labirintite, brasileira do nado sincronizado é cortada

MARCEL MERGUIZO, ENVIADO ESPECIAL
TORONTO, CANADÁ (FOLHAPRESS) – Por motivos médicos, a brasileira Pamela Nogueira deixou a seleção de nado sincronizado no Pan de Toronto e voltou ao Brasil nesta segunda-feira (6).
Pamela chegou à vila dos atletas com quadro de labirintite, foi examinada pelo médico-chefe da delegação, Roberto Nahon, e cortada do Pan.
Ela passa bem, mas não se recuperaria a tempo da competição, que, para o nado sincronizado, começa na quinta-feira (9).
Já está a caminho de Toronto a atleta Maria Clara Coutinho, do Flamengo.
Devido à ausência de Pamela, a seleção precisou treinar com apenas oito atletas (são nove no conjunto) nesta segunda-feira já na piscina de competição do Centro Aquático Pan-Americano.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima