Corinthians cede empate no fim e vê Atlético-MG se isolar na liderança

MARCELO SALTON
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Em um jogo nervoso, o Corinthians empatou com o Coritiba por 1 a 1, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time comandado por Tite vencia até os acréscimos, mas não suportou a pressão do clube mandante.
Com o resultado, o Corinthians está em 2º lugar, com 30 pontos, dois a menos do líder Atlético-MG. O Coritiba permanece em 19º lugar, com 11 pontos -a cinco do Figueirense, primeiro clube fora da zona de rebaixamento.
O empate fez o clube de Parque São Jorge ampliar a série invicta para sete rodadas. Do outro lado, os paranaenses estão a seis jogos sem vencer.
O zagueiro Felipe abriu o placar para o Corinthians aos 40min do primeiro tempo. Evandro marcou para o Coritiba aos 46 da etapa final.
Em tarde pouco inspirada de Elias, Jadson e Renato Augusto, os melhores momentos do Corinthians foram em jogadas de bola parada. Mais presente no campo de ataque, o Coritiba foi previsível e criou poucas oportunidades para balançar as redes. No balanço, o empate foi um resultado justo. 
O próximo compromisso do Corinthians será diante do Vasco, no Itaquerão, às 22h da quarta-feira (29). Já o Coritiba só entra em campo no  domingo (2), quando recebe o Goiás em partida marcada para às 11h.
O JOGO
O técnico Tite promoveu três alterações em relação à vitória sobre o Atlético-MG. Cássio e Jadson retornaram ao time, enquanto Edu Dracena entrou em lugar do suspenso Gil. No Coritiba, Ney Franco montou a equipe no 4-4-2. A novidade foi a estreia de Juninho, formado nas categorias de base, na lateral esquerda.
Pressionando pela má campanha, o time paranaense avançou a marcação e deu poucos espaços para a saída de bola do adversário. Entretanto, faltou qualidade para converter a presença no campo ofensivo em gols.
A primeira chance de gol foi corintiana. Aos 29min, Vágner Love quase abriu o placar de cabeça, depois que Wilson falhou em interceptar bola alçada na área. O time alviverde deu o troco três minutos mais tarde, quando Thiago Galhardo chutou forte de dentro da área e obrigou Cássio a fazer excelente defesa.
Aos 40min, Malcom puxou contra-ataque e encontrou Vágner Love pela esquerda. O camisa 9 cortou para o centro e bateu rasteiro para a defesa de Wilson. Na sequência, Jadson cobrou escanteio da direita, Felipe cabeceou e João Paulo, ao tentar cortar, mandou para o gol, longe do alcance do goleiro.
Após o intervalo, o Coritiba voltou com uma postura mais agressiva. Os paranaenses, entretanto, perderam poder de marcação com as alterações promovidas por Ney Franco. Além disso, a fragilidade na bola aérea defensiva se tornou mais aparente.
Depois de cobrança de escanteio, Edu Dracena quase ampliou a vantagem aos 8min, mas Wilson fez excelente defesa. Um minuto depois, o zagueiro alvinegro desviou bola levantada por Jadson, entretanto Vágner Love não conseguiu alcançar a bola e converter a oportunidade.
O Coritiba cresceu após a entrada de Negueba. Aos 19min, o ex-flamenguista fez boa jogada em velocidade pela direita e cruzou rasteiro. Rafhael Lucas se antecipou a Edu Dracena, porém o desvio saiu rente ao poste esquerdo de Cássio.
A pressão dos paranaenses só surtiu efeito nos acréscimos. Aos 46, Negueba lançou Rafhael Lucas e o atacante cruzou para Evandro, que bateu forte para igualar o placar.
CORITIBA
Wilson; Norberto , Luccas Claro, Leandro Silva (Evandro) e Juninho; João Paulo, Alan Santos (Negueba), Thiago Galhardo (Rodolfo) e Esquerdinha; Marcos Aurélio e Rafhael Lucas. T.: Ney Franco
CORINTHIANS
Cássio; Fagner, Felipe, Edu Dracena e Uendel; Bruno Henrique; Jadson, Elias, Renato Augusto (Ralf) e Malcom (Rildo); Vagner Love (Danilo). T.: Tite
Gols: Felipe, aos 40min do 1º tempo; Evandro, aos 46min do 2º tempo
Cartões amarelos: Leandro Silva, Evandro e Raphael Lucas (Coritiba); Cassio e Ralf (Corinthians)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (PB)
Estádio: Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima