Coritiba empata e segue na zona de rebaixamento

A equipe  Coritiba recebeu a Ponte Preta na noite desta quarta-feira (8), no Couto Pereira. Em uma partida muito disputada e cheia de oportunidades, as duas equipes não conseguiram balanças as redes e o duelo acabou empatado em 0 a 0.Quando a bola rolou, o Verdão foi surpreendido e viu o time de campinas dominar as ações ofensivas na primeira metade da etapa inicial.

Logo aos seis minutos, a Ponte arrancou em rápido contra ataque, Diego Oliveira invadiu a área e, sem ângulo, tentou o chute, a bola tocou no pé da trave do goleiro Wilson e acabou saindo. Tentando sair do sistema defensivo, o Coxa errava muitos passes e via o time visitante tocar a bola com facilidade. Aos 25 minutos, Biro Biro invadiu a área livre e chutou, Wilson fez grande defesa e salvou o Verdão.

O Coxa conseguiu subir ao ataque após a primeira metade da etapa inicial. Aos 27 minutos, Esquerdinha soltou a bomba de fora da área e Marcelo Lomba segurou. No minuto seguinte, foi Marcos Aurélio que tentou e novamente o goleiro ponte pretano defendeu com segurança. Aos 36 minutos, a sorte jogou junto com o Coxa.

Felipe Azevedo arriscou de fora da área, a bola bateu no travessão do goleiro Wilson, tocou no chão e não entrou, deixando o Couto Pereira em silêncio por alguns segundos.No segundo tempo, o Coxa voltou com Norberto na vaga de Rodrigo Ramos e passou a buscar mais as jogadas no setor ofensivo.

Aos oito minutos, Norberto cruzou da direita e Marcos Aurélio mandou de primeira, a zaga cortou na pequena área. Com o tempo passando, o Coritiba aumentava a pressão. Aos 19 minutos, Marcos Aurélio cobrou falta da intermediária direto, na direção do gol, mas Marcelo Lomba defendeu. Na reta final da partida o Coxa foi pressão total.

Aos 31 minutos, Paulinho avançou pela direita e cruzou rasteiro, Thiago Galhardo tentou, mas chegou um segundo atrasado e não conseguiu abrir o marcador. Um minuto depois a galera foi a loucura no Couto Pereira. Henrique bateu cruzado da esquerda, Marcelo Lomba espalmou, Marcos Aurélio pegou o rebote e chutou de dentro da área, Gilson se atirou na bola e conseguiu salvar a Ponte Preta.

Já nos acréscimos da partida o gol coritibano quase saiu. Marcos Aurélio pegou rebote da entrada da área, limpou a marcação e chutou rasteiro. A bola morreria dentro do gol, mas, Pablo se atirou na bola e novamente salvou o time da Ponte, mantendo o placar fechado no Couto Pereira.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima