Decisão sobre presença do basquete na Rio-2016 é adiada para agosto

MARCEL MERGUIZO, ENVIADO ESPECIAL
TORONTO, CANADÁ (FOLHAPRESS) – A decisão sobre a presença das seleções masculina e feminina do Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio foi postergada para os dias 7, 8 e 9 de agosto, em Tóquio, no Japão.
Na manhã deste sábado (18), em um hotel em Toronto, durante disputa do Pan, representantes do COB (Comitê Olímpico Brasileiro) e da CBB (Confederação Brasileira de Basquete) apresentaram mais uma proposta à Fiba (a federação internacional de basquete) para quitação da dívida dos brasileiros com a entidade.
Por causa dessa dívida, a Fiba ainda não confirmou as vagas do Brasil na Rio-2016. Os valores não foram revelados, mas ainda falta pagar cerca de US$ 700 mil (mais de R$ 2 milhões) referente ao convite que o país recebeu para jogar o Mundial da Espanha, em 2014 (pois não conseguiram a classificação em quadra na Copa América).
“Eu adoraria responder todas as perguntas, mas vocês vão entender que a rua tem duas mãos. O papel do COB é político e de defender as seleções e os atletas. A confederação apresentou uma proposta muito boa à Fiba, e a Fiba considerou muito boa. Disse que está analisando e vai tomar a decisão no ‘board’ [comitê da entidade]”, disse o presidente do COB, Carlos Athur Nuzman, após reunião de aproximadamente uma hora.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima