Del Nero e atual presidente da CBF vão depor no dia 16 na CPI do Futebol

SÉRGIO RANGEL

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Marco Polo Del Nero e o deputado federal Marcus Vicente (PP-ES), presidente interino da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), vão depor na próxima quarta-feira (16) na CPI do Futebol.

O acordo foi fechado na quarta (9) com os integrantes da comissão parlamentar.

Del Nero se licenciou do cargo na semana passada após o FBI acusá-lo de participar de um esquema de recebimento de propina na venda de direitos de competições no Brasil e no exterior. O Comitê de Ética da Fifa também investiga o cartola.

Vicente foi nomeado por Del Nero para ficar no comando da CBF durante a licença.

O depoimento da dupla na CPI vai ser realizada no mesmo dia da eleição do substituto de José Maria Marin na CBF.

O pleito convocado às pressas faz parte da estratégia de Del Nero para tentar evitar a posse do presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Peixoto, 74, caso ocorra a renúncia. Vice-presidente da CBF pela Região Sul, Peixoto é opositor de Del Nero e o primeiro na linha de sucessão da entidade.

Na sexta (4), o dirigente licenciado da CBF lançou a candidatura do presidente da Federação Paraense de Futebol, Antônio Carlos Nunes, 77, conhecido como coronel Nunes.

Pelo estatuto da CBF, o vice mais velho assume o comando da entidade em caso de renúncia.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima