Del Nero pede licença da CBF, e vice assume interinamente

SÉRGIO RANGEL

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – Indiciado pela Justiça dos EUA, o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, anunciou na noite desta quinta (3) que vai se licenciar do cargo. Ele é acusado de participar de um esquema de corrupção para recebimento de propina nas entidades esportivas.

Além de presidir a CBF, ele integrou a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) e o Comitê Executivo da Fifa.

Del Nero decidiu nomear deputado federal Marcus Antônio Vicente para substituí-lo na CBF.

Abaixo, a íntegra do comunicado da entidade:

“A Confederação Brasileira de Futebol vem a público informar, face às noticias veiculadas nesta data, que o Presidente Marco Polo Del Nero apresentou pedido de licença do cargo com a finalidade de dedicar-se à sua defesa, em vista de ter seu nome mencionado em acusações relatadas pela Justiça norte-americana e pelo Comitê de Ética da FIFA.

Em nenhum dos procedimentos relatados foi conferida ciência ao Presidente do conteúdo das acusações, sendo certa sua absoluta convicção da comprovação de sua inocência, tão logo possa exercer os consagrados e constitucionais direitos ao contraditório e à ampla defesa.

Neste período de licença, o Presidente, em cumprimento às suas atribuições estatutárias, designa, interinamente, para o exercício da Presidência da CBF o Vice-Presidente Marcus Antônio Vicente.”

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima