Desclassificado de prova, Thiago Pereira posta imagem da polêmica

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Triste com a desclassificação na prova dos 400 medley dos Jogos Pan-Americanos de Toronto após conquistar a medalha de ouro, o nadador Thiago Pereira, 29, usou as redes sociais para desabafar e mostrar que não cometeu erro no momento da virada do peito para o crawl.
Ele postou uma foto em que diz que encostou com as duas mãos na borda da piscina -a regra exige que as duas mãos toquem a parede- e lamentou a decisão dos juízes. Imagens da prova mostram que, de fato, o nadador cometeu a irregularidade.
“Gente antes de mais nada muito mais muito obrigado mesmo pelas palavras e pela força de todos! Essa imagem mostra as 2 maos na borda uma em cima outra em baixo, com a ponta do dedo, mais infelizmente n foi aceita!!! Triste um pouco, por toda história que alcançaria nessa prova sendo tri campeão!!! Mais agora n tem nada que possa fazer!!! Vamos pra próxima….”, escreveu o nadador nas redes sociais.
Thiago Pereira tentava igualar a marca de 22 medalhas do cubano Erick Lopez, atleta mais laureado da história dos Pans. Pereira terá outras duas provas no sábado (18) para atingir a meta.
O brasileiro completou a prova com 4min14s08, na frente de Brandonn Almeida, com 4min14s47, que acabou ficando com o ouro. A prata foi para o canadense Luke Reilly, com 4min16s16, e o bronze, para o norte-americano Max Williamson, com 4min16s91.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima