Dilma perde juramento de posse de Macri

A presidente Dilma Rousseff perdeu o juramento de posse do novo presidente da Argentina, Mauricio Macri.

Macri chegou às 11h40 local (12h40 no horário de Brasília) ao Congresso, ao lado da mulher, Juliana Awada, e fez seu juramento antes do meio-dia.

Inicialmente estava previsto que Dilma chegasse a Buenos Aires às 11h, mas isso só ocorreu às 12h.

Com o atraso, Dilma desistiu de ir ao Congresso e, neste momento, sua comitiva segue direto para Casa Rosada.

A presidente quer cumprimentar Macri na Casa Rosada, antes mesmo de que ele receba a faixa e o bastão presidenciais.

Com agenda cheia no Brasil, segundo assessores, Dilma faz passagem relâmpago na Argentina, de apenas três horas, segundo programação da Presidência.

Prevê embarcar para Brasília às 13h45 (14h45, no horário do Brasil).

Os dois não terão uma reunião bilateral, pois, segundo o Itamaraty, Dilma e Macri se encontraram na semana passada em Brasília. Eles também têm encontro marcado em Assunção, daqui a duas semanas, na cúpula do Mercosul.

CADEIRAS VAZIAS

No plenário da Câmara dos Deputados, minutos antes da cerimônia de posse, mais de 40 cadeiras apareciam vazias.

Maioria no Parlamento, deputados da Frente para a Vitória, agremiação da presidente Cristina Kirchner, não compareceram. Na quarta-feira (9), a agora ex-presidente orientou parlamentares aliados a não participarem da posse de Macri.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima