Dudu exalta Prass e revela que pediu para não cobrar pênalti

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O técnico Marcelo Oliveira escalou cinco jogadores do Palmeiras para a série de cobranças de pênaltis que decidiu a Copa do Brasil contra o Santos: Zé Roberto, Rafael Marques, Jackson, Cristaldo e Fernando Prass. O atacante Dudu, autor dos dois gols alviverdes na vitória por 2 a 1, poderia estar escalado, mas pediu ao técnico para não cobrar.

“Só na hora que o Marcelo perguntou se eu queria bater. Eu falei que não queria, que estava cansado”, disse Dudu ao programa ?Jogo Aberto?, da Band. “Ele [Marcelo] falou que ia botar o Prass. Ele bate firme, bate bem nos treinamentos. Graças a Deus ele pegou também”, acrescentou.

Na entrevista, o camisa 7 ainda elogiou o goleiro, a quem classificou como uma “excelente pessoa”.

“No treino, chega primeiro e sai por último. É uma pessoa que vive o Palmeiras. Passou por muita dificuldade, jogou a Série B [em 2013], ano passado passou por dificuldade. E esse ano está sendo coroado com o título”, relembrou.

Dudu ainda citou o gol marcado pelo Santos no fim do jogo, por Ricardo Oliveira. Com o placar de 2 a 0, o Palmeiras seria campeão no tempo regulamentar. No entanto, com o gol santista, o título foi decidido nos pênaltis.

“Eu não estava acreditando. O mais difícil que a gente tinha que fazer era os dois gols, e a gente fez. Aí, aos 43 [minutos], eles fizeram o gol que levava para os pênaltis”, relembrou. “Mas quem acompanha o nosso dia a dia sabe que a gente treina muito. Sempre quando acaba os treinamentos, a gente está treinando. O Prass treina muito”, acrescentou.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima