Dupla brasileira campeã mundial não disputa mais o ouro no Pan

ITALO NOGUEIRA, ENVIADO ESPECIAL
TORONTO, CANADÁ (FOLHAPRESS) – A dupla campeã mundial na vela, classe 49erFX, Marine Grael e Kahena Kunze, garantiu nesta sexta-feira (17) uma medalha para o Brasil, mas está fora da disputa pelo ouro.
O primeiro lugar deve ficar com as argentinas Victoria Travascio e Maria Branz, a quem basta completar a prova deste sábado (18).
Grael e Kunze buscaram emagrecer antes do Pan para aumentar a velocidade do barco num local de pouco vento, como é o caso do lago Ontário. A dupla argentina tem, somada, dez quilos a menos que a brasileira, segundo dados no site do comitê organizador.
Numa regata com apenas seis competidores, a velocidade das embarcações conta mais do que a tática na disputa -diferente das competições internacionais de vela, onde há entre 25 e 40 barcos.
“Menos barcos muda a forma de competir”, disse Grael.
O Brasil tem boas chances de conseguir outros ouros no sábado (18). Patrícia Freitas, na classe windsurf RSX, está em primeiro lugar na disputa e pode ficar até uma posição atrás da mexicana Demita Vega. No masculino, Ricardo Winik, o Bimba, só precisar completar a prova para conquistar o primeiro lugar.
“Amanhã não vou me preocupar muito com o grupo e ficar mais perto dela. Vou ter que fazer uma regata bem conservadora para não fazer um erro grande, como fiz na primeira de hoje”, disse Patrícia, medalhista de ouro no Pan de Guadalajara-11.
Scheidt está em segundo lugar na classe Laser, atrás do guatemalteco Juan Agüero. O brasileiro, maior medalhista olímpico do país, começou mal a disputa nas primeiras regatas. Mas conseguiu se recuperar para a última prova. Ele precisa ficar duas posições a frente do líder da competição para conseguir o ouro.
Na classe Laser Radial, Fernanda Decnop também disputa o ouro precisando fazer uma corrida de recuperação. Ela está em segundo, atrás da norte-americana Paige Railey, medalhista nos últimos dois Pan. Ela precisa ficar cinco posições a frente da adversária.
A Confederação Brasileira de Vela não vai mais conseguir atingir a meta de dez medalhas neste Pan. O Brasil foi eliminado nas classes Hobie 16 e Snipe, nas quais não vai sequer disputar a regata final.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima