Duplas brasileiras confirmam favoritismo no vôlei de praia

As unhas estão pintadas em azul, verde e amarelo. Mas se a vaidade está à mostra, o favoritismo na estreia no torneio feminino de vôlei de praia do Pan Toronto 2015 também foi confirmado. As brasileiras Lili e Carol não encontraram dificuldades para superar Elia e Lolette, da Nicarágua, por 2 seta 0, com parciais de 21/7 e 21/13. No masculino, Álvaro Filho e Vítor Felipe derrotaram Daniel e De Cuba, de Aruba, por 2 a 0 (21/10 e 21/13).

Na terça-feira (14), Lili e Carol voltarão à quadra para enfrentar as chilenas Pilar e Francisca, treinadas pelo brasileiro Garrido. Já a dupla masculina jogará contra Henriquez e Villafañe, da Venezuela. As finais do torneio acontecerão no dia 21.

Divulgação COB

Lili e Carol iniciaram a caminhada em busca da quinta medalha em Jogos Pan-americanos. É um orgulho representar o nosso país. Queremos jogar todas as partidas com alegria e muita vibração. Cada ponto e gota de suor será para os brasileiros. Temos que fazer o nosso melhor sempre. Sabemos da nossa responsabilidade, mas se estamos aqui, é porque estão confiando na nossa dupla, ressaltou Lili. A Costa Rica completa a chave da dupla brasileira na fase classificatória. As disputas das medalhas de ouro e de bronze acontecerão no dia 21.

A estreia da modalidade na competição foi em Winnipeg 99. De lá para cá, o Brasil assegurou quatro medalhas, sendo três de ouro – em Winnipeg com Adriana Behar/Shelda, Rio 2007 e Guadalajara 2011, ambas com Larissa/Juliana, e uma de bronze, em Santo Domingo 2003, com Larissa/Ana Richa.

Álvaro Filho promete boa apresentação às crianças do seu projeto social

Há três anos o paraibano Álvaro Folho criou, ao lado do pai, o projeto Esporte Futuro com o objetivo de dar suporte às promessas do vôlei de praia. Eles distribuem bolas e redes, e muitas vezes contam com o apoio de alguns atletas, como o campeão olímpico em Atenas 2004, Ricardo, para administrar clínicas.

Não prometi para eles a medalha no Pan. Prometi me apresentar bem na competição. Começamos com o pé direito. É importante dar o primeiro passo. Aos poucos queremos chegar no nosso objetivo. Mas estamos pensando em cada adversário de cada vez.  Ainda não havíamos participado de um torneio dessa magnitude, que conta com atletas de outras modalidades esportivas, e estamos muito felizes em representar o nosso país, afirmou Álvaro Filho, que foi vice-campeão mundial em 2013, ao lado de Ricardo.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima