Em grande fase no Equador, Bellucci vai à decisão de duplas com compatriota

Número 1 do Brasil e 35 do ranking mundial, o paulista Thomaz Bellucci está passando por uma grande fase no Torneio de Quito, de nível 250 da ATP. Nesta sexta-feira, poucas horas de avançar às semifinais da chave de simples, ele e o gaúcho Marcelo Demoliner conseguiram a classificação à decisão da chave de duplas. Para isso, venceram a parceria formada pelo eslovaco Andrej Martin e pelo chileno Hans Podlipnik Castillo por 2 sets a 1 – com parciais de 6/3, 3/6 e 10 a 4 no match tie-break, em 1 hora e 7 minutos.

Será a segunda final de duplas para Thomaz Bellucci no circuito profissional da ATP. Ele tem um título conquistado no saibro de Stuttgart, na Alemanha, em 2013, ao lado do argentino Facundo Bagnis. Já Demoliner disputa uma decisão pela primeira vez.

Bellucci é apenas o 114.º colocado nas duplas e tem como melhor marca o 70.º lugar. Já Demoliner está na 74.ª posição, uma abaixo de seu recorde pessoal obtido em maio de 2013. Os dois jogaram juntos recentemente no Aberto da Austrália – caíram na segunda rodada do Grand Slam disputado em Melbourne.

Os adversários da final neste sábado serão o espanhol Pablo Carreno Busta e o argentino Guillermo Duran, que bateram a parceria formada pelos norte-americanos Nicholas Monroe e Austin Krajicek por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/4.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima